Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/11/2017

Pastor morre eletrocutado enquanto preparava templo para realização de evento

Um problema elétrico no templo da Igreja Assembleia de Deus em Floriano, Piauí, resultou na morte de um pastor evangélico. Ele recebeu uma descarga elétrica e não resistiu.

 

Antonio Carlos de Oliveira, 41 anos, atuava como pastor adjunto na congregação da Assembleia de Deus no bairro Ibiapaba, na cidade de Floriano. Ele trabalhava na preparação do templo para um evento quando foi eletrocutado.

 

Testemunhas do acidente acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas diante da demora dos paramédicos, decidiram prestar socorro ao pastor levando-o a um hospital na região, mas ele terminou falecendo, de acordo com informações dos portais GP1 e Ronda 180.

 

“Quando chegamos no local, o corpo já tinha sido removido para o hospital, ainda com vida e lá ele faleceu. Foi fornecido pela delegacia um exame cadavérico, para o médico responder, e nós estamos esperando”, informou um dos agentes do SAMU, identificado apenas como Daniel.

 

Ainda segundo o socorrista, a Polícia Civil está investigando para descobrir exatamente que levou o pastor a ser eletrocutado. As investigações estão em andamento, mas ainda não foram divulgadas informações mais detalhadas.

 

Recorrente

 

A esposa de um pastor foi eletrocutada durante um culto e faleceu depois de ser socorrida. O caso foi registrado na cidade de Catanduva, interior de São Paulo, em 02 de setembro de 2016.

 

A mulher, de 27 anos, cantava no coral da Igreja Pentecostal Profetas da Última Hora, levou um choque e parou de cantar, assustada. Seu marido foi ao púlpito, enrolou o microfone com um guardanapo e o devolveu, para que ela voltasse a cantar. De acordo com a Polícia, alguns minutos depois, quando a igreja estava em um momento de oração, ela recebeu a segunda descarga elétrica e caiu.

 

Apesar de receber atendimento, ela não resistiu e morreu no hospital, deixando o marido e duas filhas. O atestado de óbito aponta que a causa da morte foi uma parada respiratória após eletro pressão.

 

Um caso semelhante foi registrado em dezembro de 2012, quando o jovem Alberto Romero Frías, 25 anos, morreu eletrocutado durante um culto em uma igreja evangélica localizada na cidade de Misión de la Paz, na Argentina. Ele eletrocutado quando pegou o microfone para cantar, recebendo um choque que o matou instantaneamente.

 

GOSPEL +