Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 11/12/2014

Pastor que sugeriu execução de gays para erradicar AIDS receberá pacotes de carvão de presente; Entenda

carvaoA declaração do pastor Steven Anderson de que a erradicação da AIDS no mundo depende da execução dos homossexuais causou revolta em muitos lugares e uma entidade resolveu reagir à ideia enviando presentes inusitados ao líder religioso.

 

A ONG norte-americana Planting Peace (“Plantando Paz”, em tradução livre) criou uma campanha para arrecadar doações a fim de auxiliar portadores do vírus HIV, e se comprometeu a enviar um pedaço de carvão ao pastor Anderson para cada doação que receber.

 

De acordo com informações do Huffington Post, os pedaços de carvão serão entregues na noite de Natal, embalados como presentes. A ideia teria surgido de um conto natalino do escritor Lemony Snicket, em que um personagem ganhava um pedaço de carvão do Papai Noel por ter sido travesso ao longo do ano.

 

A proposta da Planting Peace é expressar amor ao pastor que vem sendo acusado de homofóbico. A meta da campanha era arrecadar US$ 10 mil, e até o fechamento desta matéria, o valor já superava os US$ 19 mil.

 

A polêmica de Anderson surgiu quando ele afirmou em um sermão da Igreja Batista Palavra Fiel que se a orientação de executar os gays existente em Levítico fosse seguida, o planeta não viveria uma epidemia de doenças sexualmente transmissíveis: “Está na Bíblia o tempo todo… Se você executar os homossexuais como Deus recomenda, você não teria tudo isso correndo solto”.

 

Antes desse episódio, o pastor já havia estampado as manchetes por sua declaração contra o presidente dos Estados Unidos. Steven Anderson disse que “odeia Barack Obama” e tem orado a Deus para que o mandatário norte-americano morra, pois a seu ver, o governo atual tem mergulhado os Estados Unidos em perversidade.

 

Gospel +