Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 12/09/2014

Pastor Silas Malafaia anuncia que mandará buquês de flores para Jean Wyllys e Luciana Genro

pastor-silas-malafaia3O pastor Silas Malafaia mais uma vez está protagonizando uma troca de farpas pública com Jean Wyllys (PSOL). No entanto, desta vez o deputado federal e ativista gay não é o alvo sozinho: Luciana Genro, candidata à presidência pelo mesmo partido também está na mira do líder evangélico.

 

De acordo com informações do jornalista Felipe Patury, Malafaia afirmou que mandará “um buquê de flores” para Wyllys e Genro.

 

Os dois políticos recentemente criticaram Marina Silva (PSB) pelas alterações feitas no programa de governo divulgado pela candidata nas questões voltadas ao público LGBT. Durante um debate na televisão, Luciana criticou a ex-senadora por conta das mudanças.

 

Já o ex-BBB Jean Wyllys atribuiu as mudanças no texto à pressão feita pelo pastor Silas Malafaia nas redes sociais.

 

“Eu queria agradecer a promoção que Luciana Genro e Jean Wyllys fazem para mim. É impagável”, disse o pastor Silas Malafaia, ironizando a situação.

 

Há pouco tempo o pastor negou que a divulgação do que a coligação Unidos Pelo Brasil divulgou como sendo o correto e acordado entre os aliados seja por conta de suas opiniões.

 

“Não sou falso humilde e nem penso que sou ‘o cara’. Minhas opiniões são as mesmas que grande parte da população, mas isso não quer dizer que eu a represento. Cerca de 25% a 27% da população é evangélica, segundo dados do IBGE de 2010. Os católicos praticantes, que nestes temas que defendo pensam iguais a nós, são mais de 20%. Já deu a maioria. Marina não é minha candidata. É candidata do povo. Eu interpreto o pensamento dessa maioria”, disse ao jornal O Globo.

 

A própria Marina Silva negou que tenha se sentido pressionada pelo pastor Silas Malafaia no episódio: “Para ser sincera, eu nem li os tuítes do pastor Silas Malafaia. Não me sinto pressionada por ele e nem por ninguém. Eu me sinto no processo de discussão democrática. O nosso programa é respeito aos direitos da pessoa. Os direitos dos que creem e dos que não creem”.

 

Verdade Gospel