Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 27/04/2017

Pastores da Venezuela esperam um avivamento em meio ao caos social

Os manifestantes contrários ao governo socialista do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, vem fazendo marchas nas últimas semanas em todo o país. Até agora já são 24 mortos, embora seus organizadores continuam pedindo que os protestos sejam pacíficos.

 

A situação de crise institucional e de fome que tomou conta do país está fazendo as igrejas evangélicas venezuelanas pedirem intercessão por seu país. Campanhas de oração vem sendo realizadas internamente há meses, mas o governo ditatorial de Maduro não dá sinais de que entregará o controle, ainda que a situação esteja insustentável.

 

Pastores de diferentes denominações se juntaram para fazer uma caminhada, ao estilo Marcha para Jesus, onde foram feitas orações pelo país, bem como clamores pela intervenção de Deus. “Todos os cristãos juntos enviaram um mensagem para o país, seja os que defendem o governo seja os da oposição: Jesus é o senhor de Venezuela!”, explica o pastor Yllaramendi.

 

Segundo o pastor Jaime Pérez, esse é o momento para que a Venezuela reconheça que “a resposta está em Jesus Cristo, está na esperança de que só poderemos ser curados e transformados pelo poder de Deus”.

 

Alguns líderes acreditam que o país está as portas de um avivamento, por que muitas pessoas têm procurado as igrejas em busca de ajuda e com isso ouvem a Palavra.

 

Steve Shantz, vice-presidente para a América Latina e Caribe da Rádio Cristã Transmundial, disse que é necessário que todos os cristãos do continente americano se juntem a eles em oração. “Os cristãos na Venezuela estão pedindo que oremos por eles, intercedendo por uma solução para essa situação”.

 

A situação difícil da Venezuela vem sendo mostrada pela mídia há muito tempo, mas desde que a Suprema Corte tentou assumir o controle da Assembleia Nacional, onde a maioria dos deputados é da oposição, a coisa saiu do controle.

 

Os líderes da oposição reclamam que Maduro age como um “ditador” e tentou realizar um” golpe de estado disfarçado”. Foi assim que se manifestou Julio Borges, presidente da Assembleia Nacional, numa entrevista coletiva. Ele afirma que os bolivarianos “sequestraram a constituição, os direitos e a liberdade dos venezuelanos”.

 

Maduro já anunciou várias vezes que as negociações com a oposição seriam retomadas, tendo recebido inclusive apoio do papa Francisco. Contudo, não há sinais de mudança concreta no país.

 

Shantz explica que a situação é “terrível” pois a inflação atualmente é de 679%. Por causa da crise econômica há uma contínua escassez de alimentos e remédios. “As pessoas estão literalmente morrendo de fome”, lamenta o dirigente da Rádio.

 

Em meio do caos, aTransmundial oferece esperança para os venezuelanos através de sua programação. “As palavras que estamos falando são de encorajamento e fé”, resume Sahntz.

 

Ele conta que as igrejas se tornaram locais de refúgio. Explica que em algumas delas, as pessoas se reúnem, cada um traz o que tem em casa a dividem com os demais.

 

GOSPEL PRIME