Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/06/2017

“Pedimos um presidente crente, mas Deus quer uma igreja crente”, diz Luiz Hermínio

Diante de todos os acontecimentos no cenário político, o Brasil está vivendo seu melhor momento, de acordo com o apóstolo Luiz Hermínio, líder da Igreja MEVAM (Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus) em Itajaí, Santa Catarina.

 

“Você ora: ‘Senhor, salve o Brasil’. Mas quando as coisas começam a acontecer, você diz: ‘Meu Deus, e agora?’ Você está orando, as coisas estão acontecendo e você está reclamando do quê?”, questionou Hermínio durante pregação no encontro Famintos Por Deus, no Mato Grosso do Sul.

 

“Não ore para acabar o juízo, porque é no meio do juízo que os homens de justiça são levantados”, acrescentou o apóstolo. “Sempre em meio a um cenário de caos que Deus levantou homens e mulheres para serem usados poderosamente”.

 

Hermínio observa que esta é a fase ideal para as pessoas viverem em comunhão umas com as outras. “Esse é o melhor momento de ofertar, ser generoso, ser bom e estender a mão. Quando sabemos que o caos está vindo nós juntamos, mas o Senhor pede para a gente repartir. A matemática de Deus não é igual a sua”.

 

“A Cruz está vazia, mas o trono não. Ele ainda está governando sobre essa nação”, observa Hermínio. “Nós estamos orando para Deus levantar um presidente crente, mas o que Deus quer é uma igreja crente, uma igreja que crê no que Ele está dizendo”.

 

Hermínio ressalta que o importante não é quem está sentado na cadeira do poder, mas sim quem tem a autoridade que vem de Deus.

 

“Quem sentou na cadeira do Egito foi faraó, mas quem tinha autoridade era José. Quem sentou na cadeira da Babilônia foi o rei Nabucodonosor, mas quem tinha autoridade era Daniel”, observa. “Autoridade tem haver com renúncia. Quanto mais você renuncia, mais autoridade Deus te dá”.

 

GUIAME