Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/06/2018

Perfil do alfabetizador envolve planejamento estratégico e capacidade de enfrentar desafios

Planejamento de ensino para atender à diversidade encontrada na sala de aula; organização do tempo e conteúdos; estratégias para promover a aprendizagem; desafios e reflexões sobre o conhecimento. Estes são alguns dos elementos apontados como fundamentais no perfil do professor alfabetizador, durante a formação para professores da Rede Municipal de Educação que atuam nas turmas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O encontro aconteceu esta segunda-feira, 11, na Escola Municipal Elizabeth Johnson.

 

O objetivo da formação, que segue até essa sexta-feira, 15, é promover discussões sobre as necessidades e demandas apontadas pelos próprios profissionais, além de debater pontos importantes sobre o currículo.

 

“Os professores de cada série têm uma pauta específica, fazemos então um diagnóstico das demandas apontadas para organizar um cronograma que se adéque a estas necessidades. E iniciamos as discussões abordando o perfil básico destes”, explica a professora Paula Daiane Lima de Moraes, do Núcleo de Alfabetização da Seduc.

 

“Discutir as nossas demandas garante um olhar mais sensível ao trabalho do professor”, diz a professora Jomara Cristina Oliveira Souza, da Escola Municipal Deocleciano Martins da Silva, do distrito de Maria Quitéria. “Estes debates mais amplos, que nem sempre temos no nosso ambiente escolar, ampliam os nossos horizontes sobre a nossa atuação pedagógica”, acredita.

 

 

Secom