Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 31/07/2015

Pesquisa aponta que a música gospel é a preferida entre as classes sociais com menor renda

thalles-roberto-danca-com-microfoneA música gospel foi apontada como o “estilo” musical mais popular entre as classes D e E, de acordo com pesquisa realizada pelo instituto Datafolha.

 

O levantamento, realizado no estado de São Paulo sob encomenda da empresa JLeiva Cultura & Esporte, e com apoio da Secretaria Estadual de Cultura e do Serviço Social do Comércio (SESC-SP), ouviu 8 mil pessoas, em 21 municípios.

 

Com o objetivo de entender o gosto musical das pessoas, a pesquisa elencou diversas opções de estilo, como sertanejo, rock, samba, música popular brasileira (MPB), entre outros. Dentre as pessoas de menor renda, o gospel foi escolhido por 25%, contra 13% da MPB e 7% do rock.

 

Em compensação, o estilo musical religioso, que abriga diversos sub-estilos, não é muito ouvido pelas pessoas com maior renda. Entre o público das classes A e B, o gospel foi apontado como preferido por apenas 13%, atrás da MPB, com 33%, e o rock, com 28%.

 

No quadro geral, que reúne todas as classes sociais, a música gospel foi escolhida por 18% dos entrevistados, ficando atrás do rock, 21%, MPB, 26%, e o sertanejo, escolhido por 44% dos entrevistados.

 

Se os dados da pesquisa forem olhados a partir da questão da escolaridade, a música gospel perde espaço. Apenas 11% dos entrevistados com nível Superior de formação disseram ouvir as canções religiosas. O número cresce na faixa menos escolarizada: 19% dos que tinham apenas o Ensino Fundamental disseram preferir o gospel.

 

O segundo melhor desempenho da música que fala sobre a fé cristã aconteceu no corte dos dados por idade, entre o público jovem e adulto. 21% dos entrevistados entre 25 e 34 anos disseram ouvir gospel, e a mesma percentagem entre a faixa dos 35 a 44 anos.

 

Gospel +