Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 12/07/2014

Pesquisa revela que a maioria das pessoas acredita que “a religião pode resolver os problemas do mundo”

oracao No mundo pós-moderno é comum ver pessoas creditando à religião a culpa pelos males da sociedade, como conflitos por intolerância e escândalos de corrupção nas igrejas, por exemplo. Porém, uma pesquisa mostrou que o pensamento de que a religião é negativa pertence a uma minoria.

 

O Instituto Gallup, um dos mais respeitados dos Estados Unidos, divulgou o relatório de uma pesquisa feita com norte-americanos dos 50 estados do país e que mostrou que 57% dos entrevistados acredita que a fé tem muito a contribuir com a sociedade.

 

Dentre os 1.028 entrevistados, a maioria entende que “a religião pode resolver todos ou a maioria dos problemas atuais” enfrentados pela sociedade.

 

Os que acreditam que a religião está desatualizada e prejudica as pessoas são apenas 30%. No entanto, o Gallup destacou que em 1957 esse número era inferior a 10%.

 

Repercutindo a pesquisa, o portal Charisma News afirmou que o dado mais animador da pesquisa é que, se feita uma análise com as opiniões daqueles que não pertencem ou se identificam com alguma religião, a maioria também disse acreditar que o caminho da fé pode solucionar todos ou a maioria dos problemas do mundo.

 

“O estudo, infelizmente, não define ‘religião’, nem fornece qualquer repartição de quais crenças foram as mais presentes entre os entrevistados. O Gallup também não define o que são ‘problemas’ de hoje, deixando os inquiridos a responder com base nas suas próprias conclusões”, opinou o jornalista Alex Kocman, acrescentando que “enquanto muitos cristãos tenham medo de descrever a fé bíblica como uma ‘religião’, ainda não é hora de aposentar essa palavra ainda”