Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 16/03/2016

Prefeito autoriza cobertura na feira da Cidade Nova

Constru__o de cobertura na feira livre da Cidade Nova - foto Silvio Tito (2)

O setor de frutas e verduras da feirinha da Cidade Nova, entre o entreposto e o Centro Social Urbano (CSU), vai ganhar também cobertura. Esse é mais um investimento do Governo Municipal no local para proporcionar um espaço com melhores condições tanto para os vendedores quanto para quem compra. A obra foi autorizada na manhã desta terça-feira, 15, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho.

 

As coberturas de lonas presas a cordões de nylon darão espaço a estruturas metálicas. A medida atende a solicitação dos vendedores que reclamavam do desconforto provocado tanto pelo sol quanto pela chuva. Atuam nesse espaço 180 pessoas.

 

Já na manhã de hoje, os operários da Clap Construtora, empresa vencedora da licitação pública, deram início aos serviços. Enquanto a obra for tocada, as barracas vão permanecer numa área em frente ao CSU.

 

“É uma intervenção que vai proporcionar melhorias tanto para o vendedor quanto para o consumidor, protegendo-os dos períodos chuvosos e de sol”, o secretário municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior. O prazo para conclusão dos serviços é até 120 dias.

 

O prefeito José Ronaldo disse que esse foi um compromisso anunciando e já licitado. Por isso, mesmo diante da crise, já há reserva orçamentária para a realização da obra, cujo investimento é de R$ 180 mil.

 

“A receita caiu nos primeiros meses do ano, janeiro e fevereiro, em torno de aproximadamente 15% comparado ao mesmo período do ano passado. Diante das dificuldades temos autorizado obras que já estavam previstas”, afirmou.

 

A ordem de serviço foi acompanhada por alguns vendedores. Há 20 anos atuando na feira livre, Valdélia Almeida Conceição, 71 anos, falou dos transtornos em ter que montar e desmontar a barraca de madeira nos sábados e domingos.

 

“Essa cobertura vai melhorar em todos os aspectos. Não vai ter mais a necessidade da gente chegar de madrugada para montar a barraca, nem vamos ter que nos preocupar em esticar a lona para garantir a proteção”, contou a vendedora de hortaliças e verduras.

 

O ato foi acompanhado ainda pelo secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, vereador Luis Augusto de Jesus, o Lulinha, e equipe de governo.

 

Secom