Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 16/06/2014

Prefeito José Ronaldo autoriza a reforma na Praça Padre Ovídio

m“Finalmente chegou o dia tão esperado”. Essas foram as palavras do arcebispo metropolitano de Feira de Santana, dom Itamar Vian, ao acompanhar a autorização para o início das obras de revitalização da Praça Padre Ovídio, na manhã desta segunda-feira, 16.

 

Localizada ao lado da Catedral Metropolitana, a Igreja da Matriz, a Praça Padre Ovídio vai receber novos canteiros, recuperação da pavimentação, além de ganhar um ponto de apoio com sanitários. O palco que existe no local será demolido. Ele será substituído por outro semelhante a uma concha acústica.

 

As obras, cujo projeto arquitetônico é de Luiz Humberto Carvalho, estão a cargo da empresa L. Marquezzo, vencedora da licitação pública, com previsão para ser concluída dentro de seis meses. O investimento é superior a R$ 1 milhão e é resultado de emenda orçamentária.

 

Conforme dom Itamar Vian foram mais de sete anos de expectativas para que essa obra fosse realizada. Ele ressaltou que na Praça Padre Ovídio são realizados eventos importantes da Igreja Católica, a exemplo das celebrações do Domingo de Ramos, a Festa de Sant´Anna e Corpus Christi.

 

“Hoje é um dia de gratidão e esperança de vermos mais um espaço, que é um cartão postal da cidade, sendo reformado para melhor acolher as pessoas que aqui residem e aquelas que vêm de fora. Agradecemos ao prefeito todo o empenho”, disse.

 

O prefeito José Ronaldo considerou que a obra vai promover a revitalização da área, que tem sua importância histórica e cultural, proporcionando um melhor aspecto. “Esperamos que o tempo contribua para fazermos o mais rápido possível”. Ele afirmou que, posteriormente, a Praça Monsenhor Renato Galvão também vai passar por intervenções.

 

O deputado federal Colbert Martins, responsável em solicitar a liberação dos recursos junto a União, acompanhou a autorização dos serviços. Ainda presentes, secretários municipais e religiosos.

 

As informações são da Secom/PMFS