Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/02/2015

Prefeitura doou 685 urnas funerárias a famílias carentes

1922015105057A dona de casa Celina Conceição da Cruz não gosta de recordar as horas de agonia quando teve que sepultar o marido, no ano passado. “A nossa família estava sem poder comprar o caixão. Batemos em algumas portas. Foi aí que alguém lembrou que a Prefeitura faz este tipo de doação”, lembra. E o problema foi resolvido.

 
No ano passado, a Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, doou 685 urnas funerárias para que famílias comprovadamente carentes sepultassem seus parentes. A de Dona Celina foi uma delas. Destas, metade foi destinada para crianças.

 

A Sedes também se responsabiliza pelo transporte do corpo até o cemitério, disponibiliza ônibus para levar as pessoas que desejam prestar a última homenagem ao falecido e faz a doação da cova. Para tanto mantém convênio com a AFAS (Associação Feirense de Assistência Social), entidade que administra o Cemitério São Jorge.

 

O corpo pode ficar no Cemitério São Jorge por até três anos. Depois deste período a família decide se compra o espaço ou transfere os restos mortais para outro local.

 

Para isso, os familiares deverão ir à Sedes, localizada no final da avenida Getúlio Vargas, e fazer a solicitação. Se a pessoa morreu na residência, os familiares deverão solicitar a emissão do atestado de óbito na Secretaria de Saúde.