Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 09/09/2016

Primeira morena do Tchan, Débora Brasil vira missionária: “Levar a Palavra de Deus

746217950-debora-brasil-e-o-tchan

”Quase 20 anos depois de deixar o “É o Tchan”, a dançarina Débora Brasil resolveu falar sobre a saída do grupo no auge do sucesso, em entrevista ao programa Câmera Record desta quinta-feira (8).

 

Embora estivesse cautelosa durante a entrevista, a primeira morena do Tchan revelou que não saiu do grupo por vontade própria.

 

“Naquela época não foi uma questão de decisão. Foi o contrato que já estava acabando e eles já tinham planos de fazer um concurso, de trocar os dançarinos…Tanto que, quando eu saí, teve concurso e Scheila Carvalho entrou… Depois a Carla saiu, fizeram o concurso da loira, Sheila Mello entrou e foram trocando”, disse ela.

 

Depois da fase de sucesso no É o Tchan, Débora tentou carreira solo e chegou a dançar e em alguns carnavais pelo país. No entanto, a persistência na carreira acabou se transformando em frustração e depressão.

 

“Eu tava fazendo show, eu estava aí nos trios elétricos no Carnaval, mas aquilo já não me satisfazia. Uma tristeza que eu não sabia de onde vinha, eu não compreendia o que estava acontecendo. Eu costumo dizer que eu fui para o fundo do poço”, relembra.

 

A morena conseguiu superar o momento difícil com a força de sua fé em Deus. Hoje, além de apresentar o “Na Tela”, um programa de TV exibido em Vitória, Espírito Santo, ela divide seu tempo como missionária em uma igreja, onde dá aula de dança para um grupo de meninas.

 

“Eu tenho a oportunidade de cantar, eu tenho a oportunidade de dançar, e o melhor na minha vida que é de levar a palavra de Deus”, afirmou.

 

Débora vê a época de dançarina como um ciclo que foi encerrado, mas diz não se arrepender do tempo em que dividiu os palcos com Beto, Cumpadre Whashington, Jacaré e Carla Perez.

 

“Não me arrependo, de forma nenhuma, dos tempos de Tchan. Hoje eu sou uma nova criatura, vivo o melhor de Deus. Não me importo que me julguem, que me apontem. Deus que é soberano, só Ele compreende todas coisas”, declarou ela em 2011. “Aquele tempo passou. O dinheiro, a fama e o sucesso também passam. A glória de Deus fica”, ressaltou.

 

GUIAME