Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/04/2017

Procura por mamografia é metade da ofertada

No ano passado, a demanda pela mamografia não chegou à metade da quantidade ofertada pela Secretaria de Saúde de Feira de Santana. Ao todo foram realizados 23.255 exames. O município disponibilizou 47.477 mamografias. E a baixa procura continua neste ano.

 

Em janeiro, por exemplo, segundo a direção do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem, a procura foi menos da metade do oferecido. No período, o órgão tinha capacidade para atender a 3.682 pacientes, mas apenas 1.722 solicitaram o exame.
A mamografia é importante porque pode detectar o câncer de mama, uma das doenças que mais matam mulheres, ainda na fase inicial.

 

É considerada pelos especialistas como a melhor técnica para diagnosticar a doença em mulheres acima de 35 anos de idade. Recomenda-se uma mamografia anual para as mulheres que tenham acima de 40 anos.

 

O exame, por imagem, pode detectar um nódulo, mesmo que este ainda não seja notado no autoexame da mama. Daí a sua importância para a saúde da mulher. Os especialistas dizem que se a doença for descoberta na fase inicial, as chances de cura são grandes e que o exame, por não ser invasivo, é fácil de ser realizado.

 

Secom