Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/03/2018

Programa atende a crianças com defasagem de habilidades na rede municipal

Crianças que possuam qualquer tipo de defasagem na conquista de suas habilidades são o foco do programa Mais Alfabetização, executado na rede municipal de ensino, este ano. A iniciativa é do Ministério da Educação em parceria com a Secretaria de Educação da Prefeitura de Feira de Santana. Aproximadamente 70 alunos vão ser contemplados.

 

Para a execução do programa, será feita uma seleção de professores que vão atuar como auxiliares nas escolas. Poderão participar estudantes e graduados em pedagogia. Já os professores do magistério poderão participar da seleção desde que apresentem comprovantes de atuação em turmas de alfabetização. O edital será divulgado em breve pela Seduc e o programa começará a ser desenvolvido ainda no primeiro semestre deste ano.

 

Além do Mais Alfabetização, que terá como alvo a aprendizagem das crianças de 1º e 2º ano, também será aplicado em Feira de Santana o programa Mais Educação, que atenderá aos alunos do 3º ao 9º ano, no contraturno, com atividades inseridas no currículo regular. Ambos se complementam.

 

Gestores escolares recebem orientação técnica

 

Para conhecer as formas de atuação dos programas Mais Alfabetização e Mais Educação, implementados este ano na rede municipal de ensino, gestores das escolas receberam orientações dos técnicos da Secretaria de Educação. A intenção é que um professor auxiliar atue em parceria com o educador regente, mas com foco principal no desenvolvimento dos alunos que ainda estão nos processos de escrita e leitura.

 

Apoio as escolas fortalece a leitura e a escrita

 

Para a professora Suzana Alves, coordenadora dos programas Mais Alfabetização e Mais Educação, o programa garante ainda mais apoio às escolas no processo de garantia do direito à aprendizagem, “uma vez que fortalece a leitura e escrita, que são competências fundamentais para toda a vida acadêmica dos estudantes”.

 

Atenção mais personalizada no processo de alfabetização

 

“Este programa apoia as escolas municipais no processo de alfabetização das crianças nas turmas de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental e é uma oportunidade para que elas passem a contar com uma atenção mais personalizada, com o apoio do professor auxiliar”, explica, Andrea Carla Correia do Carmo, gestora da Escola Municipal Antônio Brandão de Souza, que aderiu ao programa.

 

 

Secom