Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 11/03/2015

Projeto de saúde contempla quatro escolas neste semestre

1032015143632 Mais quatro escolas da rede municipal de Feira de Santana estão sendo contemplas, neste semestre, com o projeto Saúde na Escola. Os serviços itinerantes de saúde vão beneficiar aproximadamente 900 alunos, na faixa etária de 3 a 16 anos. A comunidade escolar, os pais ou os responsáveis também poderão ser atendidos, caso demonstrem o desejo.

 
Os serviços itinerantes serão levados para as escolas Coriolano Farias de Carvalho e João Paulo II, ambas na Queimadinha, e para as escolas Diva Matos Portela e Cícero Carvalho, localizadas no bairro Jardim Cruzeiro. O programa é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

 

O ônibus adaptado com consultório leva uma equipe de médico, enfermeiro, nutricionista e técnico de enfermagem até a unidade de ensino, onde realizam consultas e avaliações. Os atendimentos são prestados sempre na presença de um adulto. É necessário levar os cartões de vacinação e do SUS.

 

Na manhã desta terça-feira, 10, o ônibus da saúde esteve na Escola João Paulo II. O estudante David Humbert Lopes, 10 anos, foi uma das crianças a passar pela triagem com a enfermeira. Foi realizado o acompanhamento do peso, das vacinas e também uma entrevista para tentar identificar algum tipo de problema de saúde.

 

Para a mãe, a dona de casa Ivonete Araújo, a iniciativa facilita o acesso à saúde, uma vez que, nem sempre encontra disponibilidade de horário para aguardar pelo atendimento em um posto de saúde. “Achei ótima essa iniciativa. É uma oportunidade que meu filho tem em avaliar sua saúde”, afirmou.

 

A enfermeira Maria Graciete Cotrim diz que o ônibus retornará para a escola nos próximos dias. Será quando os profissionais – médico e enfermeiro – vão avaliar os exames laboratoriais solicitados. “Os estudantes recebem uma guia e são orientados a procurar a unidade de saúde de seu bairro. Lá que é feito o agendamento pela Central de Regulação”.

 

As crianças que necessitam passar pela avaliação do fonoaudiólogo são encaminhadas para a Policlínica do Feira X. Para outras especialidades o encaminhamento é através da Central de Regulação. “Depois, a continuidade da assistência é dada pela Unidade Básica de Saúde”, pontua.