Coluna Especial

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/01/2017

Pular Carnaval é pecado?

01É comum em todos os anos os cristãos se questionarem sobre esse assunto. Com as festas características de Fevereiro chegando, vamos esclarecer aqui esse tópico muito importante.

 

Temos que ter em mente em primeiro lugar que existem carnavais de diversos tipos. em algumas cidades do interior, o carnaval é comemorado seguindo certa tradição, de maneira mais tranquila e saudável. Não é em todas os locais que as pessoas colocam uma música alta e se deixam levar pelos abusos.

 

A palavra de Deus já os diz o seguinte: “Há tempo para rir e tempo para saltitar” (Eclesiastes 3:4). O ‘rir’ hebraico pode ser traduzido para ‘festejar’, nos esclarecendo que para Deus não é pecado nenhum que nós nos alegramos de forma responsável. Mas também, temos certas passagens que trazem a mensagem de que nem todo tipo de divertimento é aprovado pelo Senhor, Paulo, o apóstolo, já declarou no livro sagrado que certas festas, quando ruidosas e turbulentas, se tornam “obras da carne”e quem participa ou as pratica não serão dignos de herdar o reino dos céus.

 

A pergunta agora é: então o Carnaval se encaixa em qual categoria? divertimento saudável ou pecaminoso?

 

Quando as escrituras fazem referências a ‘festanças’, em sua maioria trazem um sentido negativo por se relacionar com festas de má fama que aconteciam naquele tempo. Sabe o que é curiosidade? O nosso Carnaval hoje em dia possui em essência, as mesmas características dessas festas que eram advertidas.

 

“Seis dias de bebedeira e festas noites a dentro”, Ressaca do Carnaval tende a durar vários dias para alguns, “Foliões comemoram nu e são presos”, essas são apenas algumas das manchetes que já saíram em jornais.

 

Faça uma pergunta a si mesmo: você conseguiria imaginar Jesus e seus apóstolos festejando algo como o Carnaval, eles não achariam desrespeito?

 

O Senhor já nos disse: Não vos ponhais em julgo desigual com incrédulos. Pois, que associação tem a justiça com o que é contra a lei? Ou que parceria tema a luz com a escuridão? Além disso, que harmonia há entre Cristo e Belial? Ou que quinhão tem o fiel, com o incrédulo? E que acordo tem o templo de Deus com os ídolos? ‘Portanto, saí do meio deles e separai-vos’, diz o Senhor, `cessai de tocar em coisa impura`: e eu vos acolherei. – 2 Cor. 6:14-17.

 

É bem explícito que em festas como o Carnaval, só as nossas vontades da carne são levadas em consideração. Nada ali serve para enaltecer o nome de Deus. Siga o que já nos disse a palavra, saiba quando se separar do joio.

 
AMAZONAS CRISTÃO