Dicas

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 15/06/2016

Qual o horário ideal para praticar corrida? Fisiologista do esporte do HCor orienta

1716963173-corrida-na-areiaEmbora não exista um horário certo ou errado para a prática da corrida, algumas vantagens e desvantagens podem estar presentes em cada período do dia.

 

O que vale é aprender a “ouvir” o seu corpo: entender como ele funciona e como responde aos estímulos é fundamental para obter o melhor resultado. Cada organismo reage de uma forma ao exercício, dependendo de fatores como qualidade do sono, alimentação, estresse e até mesmo questões hormonais.

 

Após um treino matinal, a sensação de bem-estar, proporcionada pela liberação de endorfina, pode melhorar a disposição para enfrentar o resto do dia. Por outro lado, à noite, os músculos e articulações estão mais preparados para suportar o esforço físico.

 

“Se o objetivo é melhorar o rendimento nos treinos, por exemplo, as corridas outdoor favorecem a melhora da técnica e o rendimento para provas mais longas. Independente do horário e dos objetivos, o essencial mesmo é treinar nas horas em que mais se encaixam na rotina de cada um”, orienta Diego Leite de Barros, fisiologista do esporte do Hospital do Coração, em São Paulo.

 

“É importante nunca se esquecer do bom senso: hidratação, alimentação, calcados adequados e roupas confortáveis”, acrescenta o especialista.

 

Para os iniciantes, um alerta: antes de sair correndo por aí, faça um check-up prévio, incluindo hemograma, testes de avaliação de colesterol e glicemia, teste ergométrico, entre outros, além de orientação profissional. “O educador físico é uma segurança para o esportista, já que o acompanhamento nos treinos e provas é importante para evitar lesões e potencializar o desempenho”, destaca Diego Leite de Barros.

 

Dicas para corredores

 

A prática da corrida protege o coração, reduz os níveis de colesterol, pressão arterial e glicemia, fortalece a estrutura óssea e auxilia na perda de peso. “Estudos mostram que quem pratica o esporte pelo menos uma hora por semana tem 45% menos risco de sofrer infarto ou morrer devido a doenças cardíacas”, acrescenta Diego Leite de Barros.

 

Veja algumas dicas para os praticantes do esporte:

 

Desjejum: antes de qualquer prática de exercício é importante estar bem alimentado. Vale uma fruta, uma barra de cereal ou um sanduíche de queijo light.

 

Sono: uma boa qualidade de sono é fundamental. Para o organismo se recuperar, procure dormir de 6 a 8 horas.

 

Hidratação: não de se deve esquecer de ingerir água ou isotônicos durante os treinos e ao longo do dia, após a atividade.

 

Guia me