Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/05/2018

Reajuste do preço da gasolina; “Tenho pretensão de utilizar o meu cavalo como meio de transporte”, afirma vereador Edvaldo Lima

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta segunda-feira (07), o vereador Edvaldo Lima (PP) teceu duras críticas ao reajuste do preço do combustível no Brasil. O edil considerou abusivo o número de impostos inseridos no valor final do combustível.

 

“Os impostos no nosso país estão um absurdo. As autoridades estão abusando da nação. Minha indignação é saber que existem carteis em nossa cidade, mas o próprio governo possibilita essa situação, sofre o empresário e o trabalhador que depende do transporte”, reclamou.

O vereador do PP afirmou que, diante da situação, logo a população fará uso de cavalos em substituição aos automóveis para se deslocar pela cidade. “Irei encaminhar um ofício à Presidência desta Casa solicitando que se construa um estábulo, pois, tenho pretensão de utilizar o meu cavalo como meio de transporte. Eu não tenho condições de gastar R$ 2.500,00 por mês com gasolina. Fico pensando no pai de família assalariado, com certeza não tem condições de desfrutar do seu transporte. Estamos em uma situação insustentável”, afirmou.

 

Em aparte, o vereador Zé Filé (PROS) afirmou que o presidente da República, Michel Temer, é o responsável pelo aumento das taxas. “Esse reajuste abusivo é fruto desse governo golpista, que massacra o povo sem piedade”, afirmou.

 

De volta com a palavra, Edvaldo Lima rebateu a crítica do colega, afirmando que Michel Temer foi eleito pelos petistas. “Já participei diversas vezes de eventos petistas, porém, não compartilho mais dos direcionamentos daquele partido. Me criei no PT, fui pra rua, já protestei, mas vi o que este governo fez com o Brasil e não adianta colocar a culpa em outros partidos, porque sabemos que o PT afundou o nosso país nesta crise”, concluiu.

 

Ascom