Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 16/03/2018

Rede de proteção aos direitos LGBTs é articulada em Feira de Santana

Começa a ser formada, em Feira de Santana, uma rede de proteção com atenção específica a promoção e garantia dos direitos da população LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) e o combate a LGBTfobia. O assunto foi discutido durante reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 14, na sede do Centro de Referência da Mulher Maria Quitéria, à rua Paris, 94, bairro Santa Mônica.

 

A rede de defesa desses segmentos da sociedade deverá ser integrada por representantes de ONGs, de secretarias municipais e outras instituições governamentais. As ações neste sentido estão sendo coordenadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), através da Divisão de Promoção dos Direitos das Minorias. Também particpam as secretarias de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e Saúde (SMS).

 

Apoiam a iniciativa instituições como a Defensoria Pública do Estado da Bahia, representada pela defensora pública Bárbara Ribeiro Mendes, e Conselho Municipal das Comunidades Negras e Indígenas, através da sua dirigente Lurdes Santana.

 

Atividades para 2018 estão sendo definidas pelo Governo e seus parceiros

 

O chefe da Divisão de Promoção dos Direitos das Minorias, Fábio Ribeiro, informa que gradativamente, serão definidas ações contra a LGBTfobia, além da promoção de diversas atividades para serem desenvolvidas pelo Governo Municipal e seus parceiros, ao longo deste ano. “Estão sendo pensadas formas de como podemos aumentar o acesso das população LGBT aos seus direitos”.

 

As informações são da Secom