Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 09/09/2016

Sacerdotes deixarão de usar clesmas com medo do Estado Islâmico

estrada-viagem-policia-prf

Com medo de ataques terroristas, os sacerdotes do Reino Unido foram orientados a não usarem mais clesmas.
A ideia é preservá-los de ataques jihadistas, uma vez que o colarinho romano destaca os sacerdotes cristãos dos cidadãos comuns.
A mensagem de cuidado com o uso do clesma partiu da assessora do Ministério do Intercâmbio britânico, Nick Tolson, através de um documento de 12 páginas com diversas recomendações para as paróquias.

 

O documento tem como objetivo prevenir ataques de extremistas islâmicos contra os cristãos que exercem ofícios nas igrejas.
Um sacerdote já afirmou à imprensa que foi advertido a não usar o clesma nas ruas para não se tornar vítima de ataques, o mesmo religioso também afirmou que foi aconselhado a não ficar sozinho na igreja.

 

A proteção para igrejas tem dividido a opinião pública, pois isso é comum em países como alto grau de perseguição religiosa ou que enfrentam a guerra como Iraque e Síria, mas não é comum no Reino Unido.

 

A preocupação com igrejas é tanta que o Ministério do Interior já anunciou o financiamento de 2,4 milhões de libras com o reforço de segurança dos templos cristãos.

 

Tolson pede reforço principalmente nas igrejas pequenas, ainda que o risco de ataques seja pequeno no país. “O risco ainda é muito baixo, mas precisamos prever o que faremos”, disse ele.

 

GOSPEL PRIME