Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 17/05/2018

“Se dependesse de mim, Magno Malta seria o vice”, diz Bolsonaro; Aliados sugerem uma mulher

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não esconde de ninguém que quer ter o senador Magno Malta (PR-ES) como vice em sua chapa na disputa da presidência da República. No entanto, há uma certa reticência por parte do político capixaba, além de pressão de aliados sobre a escolha de uma mulher para ocupar o posto.

 

“Me interessa o Magno Malta. Vamos supor que o PR queira me ofertar o Magno Malta. Se dependesse de mim, seria (pré-candidato a vice-presidente) a partir de hoje. Acho que outro partido dificilmente vai querer compor comigo”, comentou Bolsonaro, durante uma visita à feira AgroBrasília, na zona rural da capital federal.

 

De acordo com informações da revista Exame, Bolsonaro está ciente que não pode impor o nome ao partido, pois acordos regionais precisam ser acertados com as legendas envolvidas.

 

A respeito do bloco de centro-esquerda que apoia o governo do presidente Michel Temer (MDB) e que poderá se unir em torno de um candidato – possivelmente Geraldo Alckmin (PSDB) ou ainda Henrique Meirelles (MDB) – o deputado federal afirmou que não tem receio da disputa.

 

“Estão se unindo para levar um tiro só. Não querem conversar comigo porque não vou negociar escondidinho no mato com eles. Comigo tem que ser aberto”, disse, acrescentando que “quem entrar em campo a gente traça”, numa referência à possível disputa de segundo turno com o ex-governador paulista ou ainda o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não esconde de ninguém que quer ter o senador Magno Malta (PR-ES) como vice em sua chapa na disputa da presidência da República. No entanto, há uma certa reticência por parte do político capixaba, além de pressão de aliados sobre a escolha de uma mulher para ocupar o posto.

 

“Me interessa o Magno Malta. Vamos supor que o PR queira me ofertar o Magno Malta. Se dependesse de mim, seria (pré-candidato a vice-presidente) a partir de hoje. Acho que outro partido dificilmente vai querer compor comigo”, comentou Bolsonaro, durante uma visita à feira AgroBrasília, na zona rural da capital federal.

Vice
Embora o sonho de Bolsonaro seja Magno Malta – a quem já fez o convite -, os aliados vêm tentando convencê-lo de aceitar a indicação de uma mulher com perfil conservador, igual ao dele, para aumentar as chances de obter o voto feminino nas eleições.

 

“Pesquisas mostram que ele tem dificuldade de crescimento no eleitorado feminino e, apesar de seguir na liderança, teve uma queda de dois pontos percentuais nas intenções de voto no cenário sem Lula no último levantamento da CNT. Por enquanto, Bolsonaro diz que não quer que esse seja o critério e que prefere escolher seu vice baseado nas qualidades do candidato”, informou a jornalista Juliana Braga, colaboradora da coluna de Lauro Jardim em O Globo.

 

Lauriete
Enquanto o cenário não se define, surgem especulações de que a esposa de Magno Malta, a cantora pentecostal e ex-deputada federal Lauriete (PR) possa sair candidata ao Senado pelo Espírito Santo no lugar do marido.

 

A princípio, Lauriete disputará um cargo na Câmara dos Deputados, mas caso Malta seja mesmo indicado à chapa presidencial, a ex-parlamentar tentaria ocupar a vaga que será aberta com o fim do mandato atual do marido.

 

 

Gospel + foto Gazeta On line