Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/07/2017

Sedeso atenta à situação de moradores de rua no frio; alerta deve ser feito pelo 156

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) está intensificando, nos últimos dias, as ações visando assegurar o acolhimento de moradores de rua, em função da queda brusca de temperatura. As medidas são adotadas a partir de abordagens desenvolvidas por equipes de profissionais do órgão municipal ou através de solicitações de intervenções no próprio Centro Pop, local onde é garantido o abrigo provisório destas pessoas.

 

Conforme o chefe da Divisão de Proteção Social Especial da Sedeso, Roque Moraes, as solicitações para atendimento à pessoa em situação de ruas, entretanto, ainda não estão sendo realizadas na cidade através do número 156, que capta diversos outros serviços e demandas direcionados e distribuídos aos órgãos do Governo Municipal. Isto porque a plataforma utilizada ainda não comporta este serviço via telefone e a divulgação que vem sendo feita nas redes sociais informando sobre o caminho para solicitação do atendimento é referente a outro município.

 

Roque Moraes explica que a assistência em Feira de Santana é assegurada através do encaminhamento de pessoas em situação de rua à casa de passagem. O equipamento, denominado de Centro Pop Rua, possui capacidade para receber 50 pessoas, distribuídas entre homens, mulheres e famílias.

 

Para reforçar o atendimento ao público de rua, o Governo Municipal também está realizando nova licitação visando aquisição de mais cobertores para distribuição. Também vem adquirindo agasalhos através de parcerias com empresas diversas. E as ações são reforçadas com apoio do projeto social “Qual é o meu lugar?”, que vem realizando ações pontuais nos locais onde são localizados moradores de rua, oferecendo cortes de cabelo, serviços da rede assistencial e diversos serviços.

 

O monitoramento das vias públicas onde as pessoas em situação de rua costumam ficar é realizado diariamente, através de equipes de abordagem que circulam pela cidade. E o serviço também pode ser solicitado por qualquer cidadão, em horário das 8h às 17h, comunicando no próprio Centro Pop, à rua Manoel Matias, 72, bairro Barroquinha, fundo da loja de materiais de construção Casa Santana.

 

TRIBUNA FEIRENSE