Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/06/2015

Sem Neymar, Brasil vence o México por 2 a 0

RTEmagicC_8f7721bb15.jpgNo reencontro da seleção brasileira com o seu torcedor, o Brasil bateu o México por 2 a 0, no Allianz Parque, na tarde deste domingo. Com um belo gol de Phillippe Coutinho, em jogada individual, e Tardelli, o Brasil segue invicto nesta segunda passagem do técnico Dunga pela seleção brasileira com nove vitórias, em nove jogos.

 

Pela primeira vez desde que assumiu a seleção brasileira, Dunga não pode contar com Neymar em campo. O atacante disputou a final da Champions League no último sábado e só se apresenta a seleção brasileira na segunda-feira. Por isso, o técnico teria que comprovar a sua tese de que o seu time tem que ser coletivo, acima de qualquer individualidade. A surpresa no time titular ficou com a escolha do volante Fred entre os titulares. O meia que foi convocado no meio da última semana para a Copa América para a vaga de Luiz Gustavo (lesionado), desbancou Roberto Firmino, destaque do Brasil nos últimos amistosos. Assim, o Brasil foi para campo com três volantes de origem e apenas Diego Tardelli no comando do ataque.

 

O Jogo

 

O Brasil demorou para entrar no jogo. No entanto, após uma bela jogada individual de Philippe Coutinho, que abriu o placar do jogo, o Brasil cresceu na partida e até ampliou marcador. O primeiro saiu aos 28 minutos. Filipe Luís tocou na passagem de Coutinho na esquerda que dentro da área aplicou um lindo drible de corpo no marcador. Na sequência, o meia avançou com a bola pela linha de fundo e mesmo sem ângulo conseguiu acertar o chute cruzado, abrindo o placar após uma bela jogada invidual.

 

Nove minutos depois, o Brasil ampliou o marcador em uma boa troca de passes pela esquerda. Mais uma vez Filipe Luis acertou um belo passe pela esquerda, agora para Elias. O volante dominou a bola, fez um belo corte em cima de Rafa Márquez para na sequência rolar a bola no meio. Com o gol livre, Diego Tardelli só precisou tocar para o fundo do gol e sair para o abraço para comemorar o segundo da seleção brasileira.

 

Depois de criar uma boa vantagem no primeiro tempo, o Brasil diminuiu o ritmo na segunda etapa, valorizando a posse de bola e diminuindo os espaços do ataque adversário. O México mudou o seu esquema tático, mas o time não respondeu em campo. Por isso, o segundo tempo foi sonolento no Allianz Parque.

 

A único lance de risco na etapa foi da equipe mexicana. Aos 41 minutos, Montes arriscou o chute da intermediária e viu a bola tirar tinta da trave direita de Jefferson. Sem conseguir fazer uma grande pressão para diminuir o placar, o México viu o Brasil administrar o placar até o apito final, saindo com uma boa vitória.

 

O time de Dunga volta a campo na próxima quarta feira quando enfrenta Honduras, na última partida amistosa antes da Copa América. O jogo será no Beira-Rio, em Porto Alegre, as 22h, horário de Brasília.

 

Correio