Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/09/2014

Seprev recebe até quatro quatro pedidos de imagens por semana

18094-2A Secretaria de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos vem recebendo semanalmente, por parte da polícia, entre dois e quatro pedidos de imagens de situações que estas autoridades consideram criminosas e que podem levar à prisão dos autores ou servir como elementos que levem a procedimentos judiciais. Os casos são gravados pela Central de Videomonitoramento, inaugurada recentemente pela Prefeitura de Feira de Santana.

 

Para o secretário de Prevenção à Violência, Mauro Moraes, os resultados estão sendo positivos, porque as pessoas já estão se sentido mais seguras ao andar pelas ruas da cidade porque sabem que o olho eletrônico acompanha toda a movimentação das pessoas nas áreas cobertas pelo sistema.

 

As solicitações as imagens não podem ser feitas diretamente na Seprev, como esporadicamente tem acontecido. “As pessoas devem registrar queixa na delegacia. É o delegado ou outra autoridade do Judiciário ou do Ministério Público, que vai pedir a liberação das imagens, caso ache necessário”, explicou o secretário.

 

Mauro Moraes ainda disse que o videomonitoramento é um sistema de inteligência cujas imagens podem servir como prova – de acusação ou de defesa, quando da instrução de um processo. O secretário disse que as solicitações estão sendo atendidas em curto espaço de tempo. “A resposta imediata é uma das nossas premissas, porque sabemos da importância da celeridade de uma investigação”.

 

O sistema de vigilância por câmeras de Feira de Santana é formado por quase 200 destes equipamentos, de última geração, dotados com lentes de alta resolução. Foram colocas em pontos considerados estratégicos, tanto na circulação de veículos como de pessoas.

 

As informações são da Secom/PMFS.