Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/07/2014

Sequestro de meninas na Nigéria completa 100 dias

b O grupo terrorista Boko Haram não revela o paradeiro das mais de 200 meninas que foram sequestradas no dia 15 de abril em Chibok, na Nigéria.O sequestro está completando 100 dias e gera grande desespero para os familiares das meninas, com idades entre 12 e 18 anos, que não possuem nenhum tipo de informação sobre as jovens.

 

O caso intriga as autoridades nigerianas que, mesmo com forte pressão internacional, não conseguiram descobrir onde o grupo tem mantido as vítimas escondidas.
O presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, se reuniu com 177 familiares e com 57 meninas que foram sequestradas, mas conseguiram escapar para prometer que o governo faria de tudo para encontrar as reféns.

 

A população perdeu a confiança no exército nigeriano, principalmente depois que denunciaram a ligação entre generais do exército com o Boko Haram. A imprensa local disse que os generais estariam ajudando os terroristas com informações e munição, fato negado pelos militares.

 

A soltura das meninas foi negociada mediante a libertação de líderes do Boko Haram que foram presos. O governo não aceitou, e apesar da falha nas investigações descarta usar a força militar para lutar contra os extremistas muçulmanos.

 

Com informações Folha de SP.