Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/12/2017

Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo farão faculdade de teologia

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, segundo as denúncias do Ministério Público Federal, descritas em 16 processos, cometeu 1.494 crimes. Ele foi condenado três vezes na Lava Jato, e as penas somam 72 anos de prisão. Há um ano encarcerado, ele decidiu estudar.

 

Tanto o político quanto sua esposa, Adriana Ancelmo, foram aprovados no curso de bacharelado em Teologia da Faculdade Batista do Paraná (FABAPAR). Eles farão o curso no sistema de EAD (ensino à distância) a partir de 2018.

 
Foi aprovado na mesma turma Wilson Carlos Cordeiro Carvalho, ex-secretário de governo nas duas gestões do peemedebista. Ele atualmente cumpre pena junto com Cabral no presídio de Benfica (RJ). Também fazem parte da lista os nomes do empresário Marco Antônio de Luca, preso na Operação Ratatouille, e Alessandra da Costa, irmã do traficante Fernandinho Beira-Mar, presa em maio deste ano.

 

A lista com os aprovados na Faculdade Batista foi divulgada pela faculdade na manhã desta sexta-feira (8). A informação foi confirmada pelo filho de Cabral, o deputado federal Marco Antônio Cabral.

 

O fato de alguém ser formado em teologia não implica, necessariamente, que irá atuar como pastor. A lei do Brasil prevê que a cada três dias de estudo o preso tem um dia diminuído na pena. Nenhum dos novos alunos explicaram por que a decisão de fazer esse curso especificamente.

 

Por sua vez, a Faculdade esclareceu em nota que “A FABAPAR não atua de forma direta com qualquer detento. Todas as provas são aplicadas pela Secretaria de Segurança do seu estado e sua aplicação é realizada após verificação da mesma pelos órgãos competentes da área de Segurança Pública… Destacamos que os detentos passam pelos mesmos critérios de correções de nota e redação, como qualquer outro candidato que se dispõe a vaga, sem regalias, privilégios ou coerções de terceiros.”

 
Com informações Veja