Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 04/12/2014

Sesab informa que leitos do SUS foram encerrados por problemas financeiros e administrativos

20626-2 A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou nesta quarta-feira (3) que a contratação dos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) não é somente de responsabilidade da gestão estadual e cabe também aos municípios.

 

Segundo dados apurados pelo Bahia Notícias, a quantidade de leitos financiados pelo SUS reduziu em 470 entre julho de 2010 e julho de 2014. De acordo com a Sesab, leitos contratados pelo SUS em hospitais privados, filantrópicos e de gestão municipal tiveram que fechar ou interromper suas atividades, por conta de problemas financeiros ou administrativos.

 

A pasta ressaltou também que investe “no maior programa de Internação Domiciliar (ID) do Brasil”, que atende atualmente 1,3 mil pessoas em casa com 129 equipes multidisciplinares, integrada por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e outros profissionais.

 

Em relação à redução de leitos psiquiátricos – foram 208 a menos nos últimos quatro anos – a Sesab ressalta que a queda se deve ao processo de desinstitucionalização, de forma a reinserir socialmente os pacientes e garantir o convívio social e familiar. A secretaria ainda afirma que ampliou o atendimento à população nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que foram instalados em todas as regiões do estado.

 

As informações são do Bahia Notícias.