Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/05/2015

Sesp lança operação para retirar sucatas abandonadas das ruas

1552015170457Sucata de carros abandonados em locais públicos além de ser ilegal está causando um problema de saúde pública em Feira de Santana. Atenta a isso, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos disponibilizou uma força tarefa nesta semana para fiscalizar e notificar quem promove essa prática.

 

O material abandonado, muitas vezes por oficinas, vira um grande criadouro do mosquito aedes aegypti – transmissor da dengue e também da febre chikungunya. O trabalho foi concentrado nas avenidas Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno) e Transnordestina, onde têm o maior índice de abandono de sucatas.

 

Os fiscais da Sesp, junto com agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, notificam os proprietários das sucatas, que têm um prazo de até 72 horas para realizarem a remoção. Caso não aconteça, o caso é passado para a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), que faz a remoção e uma multa é aplicada ao proprietário.

 

“Não é só uma questão de limpar a cidade. Trata-se de estarmos imbuídos na questão de combater essas doenças. As sucatas são grandes depósitos desses insetos e temos que eliminá-las”, ressalta o secretário de Serviços Públicos, Justiniano França.

 

Após o trabalho nessas duas avenidas, os fiscais irão para outras localidades. O secretário avisa que as pessoas podem e devem também fazer denúncias. “Quem souber de locais onde existam carros abandonados, pode fazer a denúncia através de nossos canais de comunicação. Não precisa nem se identificar”, afirma.