Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/11/2014

Silas Malafaia lança campanha “Procurando Lula” para buscar esclarecimentos sobre corrupção na Petrobrás

lula-petrobras O escândalo do petrolão foi tema de uma sequência de publicações do pastor Silas Malafaia em seu perfil no Twitter nos últimos dias. O líder evangélico afirmou que o ex-presidente Lula é o principal responsável pela existência do esquema de corrupção na maior empresa brasileira.

 

“Uma pergunta que não cala: cadê o Lula? Porque quando as coisas esquentam o Lula some e a imprensa não vai atrás dele para fazer perguntas? O Lula que gosta de se meter em tudo, porque não dá entrevista falando da roubalheira da Petrobras? Porque a imprensa brasileira não o procura?”, perguntou Malafaia.

 

Os novos depoimentos dos envolvidos no esquema que foram presos pela Polícia Federal têm revelado ainda mais detalhes da engrenagem que fazia o esquema se movimentar.

 

Na sequência de tuites, Malafaia fez referência ao filme de animação “Procurando Nemo” para fazer uma piada sobre sua nova campanha de teor político nas redes sociais: “Vamos lançar um novo filme: ‘Procurando Lula’. Kkkkk É uma vergonha a omissão do Lula, e da imprensa que o poupa. VERGONHOSO!”, escreveu o pastor.

 

“A roubalheira da Petrobras começou no governo Lula, e foi ele que passou por cima do TCU [Tribunal de Contas da União] para manter o esquema que dura até hoje. Onde está Lula? Vamos lançar a campanha ‘Procurando Lula’ para dar explicações sobre a roubalheira da Petrobras. O homem sumiu!”, publicou Silas Malafaia.

 

Hoje opositor ferrenho do PT, em 2002 o pastor assembleiano apoiou a eleição de Lula e durante o primeiro mandato do ex-presidente, chegou a integrar um grupo de notáveis da sociedade que tinha encontros com o mandatário para discutir temas específicos.

 

Ao final do mandato, Malafaia se distanciou e em 2006 já não integrava o grupo de líderes religiosos que atuavam pró-Lula na campanha eleitoral.

 

Nesse cenário, o pastor criticou também a atual oposição ao PT no Congresso, liderada pelo PSDB: “Cadê a oposição que não convoca o maior responsável por tudo isso, Lula? Estão com medo de que?”, questionou o pastor.

 

Gospel +