Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/03/2018

Silas Malafaia se defende das acusações de lavagem de dinheiro

Após reportagem do jornal O GLOBO com supostos novos desdobramentos da Operação Timóteo, desencadeada no final de 2016, levaram o pastor Silas Malafaia a publicar um novo vídeo em sua defesa e expressar indignação contra o que chamou de “tentativa de denegrir” sua imagem por parte da imprensa.

 

O jornal O GLOBO veiculou em seu portal uma matéria do jornalista Aguirre Talento, sobre um “documento sigiloso” da Procuradoria Geral da República (PGR) enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) com um suposto pedido de uma segunda investigação, mais aprofundada, contra o pastor Silas Malafaia, por suspeita de lavagem de dinheiro.

Segundo Malafaia, a intenção do jornalista Aguirre Talento é denegrir sua imagem. “Um jornalista esquerdopata. Eu conheço esse vagabundo. Há um ano ele era da IstoÉ, e ele requentou uma notícia sobre a Operação Timóteo para me denegrir”, afirmou o pastor, visivelmente alterado.

 

“E agora o mesmo canalha […] coloca partes do documento para me denegrir. Preste atenção ao que eu vou falar: o segredo de Justiça em questões criminais se dá para se proteger possíveis inocentes, para não serem denegridos. A pergunta é: como um documento do STJ, uma instituição séria, é vazado e para na mão de um canalha que diz o que quer, e eu não posso falar – eu tenho o documento – porque ele é sigiloso”, acrescentou.

Mais adiante, o pastor se queixa da banda podre da imprensa: “Ele [jornalista] diz meia verdade ao dizer que há suspeita que eu lavei milhões. Vagabundo! […] Não tem uma [menção] no processo de que eu estou lavando dinheiro. Eu desafio, quem quer que seja, a provar que eu to envolvido com bandido de Operação Timóteo […] Isso é uma afronta […] Covardes. É por isso que a imprensa vem perdendo crédito. Dizem dos fake news das redes sociais, e a imprensa, que mente? Diz meia-verdade?”, questionou.

 

“Quero ser honesto. Todas as vezes o jornal O GLOBO me liga, me dá direito de resposta. A TV Globo faz a mesma coisa. Eu não vou fazer acusação leviana. Mas esse canalha não ligou para mim, nem para o meu advogado. Ele fez [a matéria] maldosamente, para me denegrir. Um bandido desse não merece ser jornalista”, disparou Malafai

 

 

Fonte: Gospel +