Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/11/2017

SOS Abelhas e Bombeiros recolheram quase 2 mil enxames em 2016

Quase dois mil enxames de abelhas foram retirados de residências localizadas na zona urbana de Feira de Santana, por técnicos da Secretaria da Agricultura e pelo Corpo de Bombeiros, no ano passado. Precisamente, 1.966 atendimentos feitos pelas duas instituições.

 

Aproximando-se do verão, o secretário de Agricultura de Feira de Santana, Joedilson Freitas, e o comandante do Corpo de Bombeiros no município, tenente-coronel José Alberto, se reuniram na Seagri, para discutir estratégias de atendimento aos chamados, que aumentam durante essa época do ano.

 

Na Seagri este tipo de atendimento é prestado pelo SOS Abelhas. “Quanto mais nos integrarmos melhor será o atendimento à comunidade, que deve ser feito por pessoal especializado”, afirmou o secretário.

 

O desmatamento, diz Joedilson Freitas, é a principal causa que leva a urbanização das abelhas. “Na zona rural elas não mais encontram alimento e migram para as casas”. Todos os enxames capturados na zona urbana são doados a apicultores do distrito de Jaguara.

 

Ele ainda disse que as pessoas não devem retirar os enxames, mas chamar o pessoal especializado para fazê-lo. Um ataque de abelhas pode resultar em graves problemas de saúde, caso a pessoa picada for alérgica. Cuidados especiais devem ser tomados com crianças.

 

Geralmente, estes insetos atacam quando são provocados e se acomodam em qualquer lugar de uma residência. Os especialistas orientam que enquanto a ajuda não chega, os moradores devem ficar longe das abelhas.