Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 19/08/2015

“Tem gente que nasceu para ser engenheiro, eu sou pedreiro”, diz Alexandro

RTEmagicC_5d66335192.jpgA história de Alexandro no Bahia começou confusa. Anunciado para resolver o problema do ataque, já que Léo Gamalho não conseguiu agradar, o jogador realizou os exames médicos, mas na hora de assinar o contrato recebeu uma proposta dos Emirados Árabes e deixou o Fazendão. Dias depois o negócio no Oriente não vingou e jogador foi novamente anunciado pelo Esquadrão. Confusões a parte, Alexandro entrou no time do Bahia e não saiu mais.

 

O jogador já tem dois gols com a camisa tricolor, mas o que chama a atenção é a disposição durante os jogos. Com ele não tem bola perdida. Alexandro afirma que essa é uma das suas características e promete ainda mais empenho nos próximos jogos e quem sabe até um gol, o que ainda não aconteceu jogando na Arena Fonte Nova.

 

“Nas primeiras entrevistas eu falei que eu me entrego de corpo e alma. Essa vai ser minha marca. Tem gente que nasceu para ser engenheiro e tem gente que nasceu para ser pedreiro. Eu sou pedreiro. Vou para o combate mesmo, não desisto da jogada, as vezes não sai o gol, mas me entrego, dou carrinho, bato em zagueiro se tiver que bater, eu visto mesmo a camisa do Bahia, dou meu sangue pelo Bahia. Essa vai ser a minha marca”, explicou o atacante em entrevista ao Jornal da Manhã.

 

Ao lado de Kieza, que participou do treino da última segunda-feira (17), Alexandro vai formar o ataque do Bahia contra o Sport. Ele projeta um duelo difícil contra os pernambucanos, mas garante que não vai faltar raça. Caso passe do Rubro-Negro, o Bahia vai enfrentar um time argentino na próxima fase da Sul-Americana. O adversário vai sair do confronto entre Huracán x Tigre.

 

“Um jogo difícil. O Sport está sendo a sensação da Série A, mas nosso time está tranquilo. Vamos procurar a vitória, e minha vontade não vai faltar. Pode faltar até um pouco de técnica, mas vontade não vai faltar. E quem sabe até um golzinho, que eu estou devendo dentro de casa”, afirmou Alexandro.

 

(Foto: Nuno Guimarães/Estadão Conteúdo)