Coluna Especial

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/01/2015

Tipos de fotos das crianças que os pais não devem publicar na internet

142205835- (1)Em época de Redes Sociais em alta, fotos não faltam na internet para que as pessoas compartilhem bons momentos com os amigos virtualmente.

 

Esse hábito de publicar fotos chega até às crianças. Pais, tios, avós, entre outros, gostam de registrar o crescimento dos pequenos e publicar suas fotos na web, o problema é que quando se trata de fotos de crianças a precaução deve ser redrobrada.

 

Pensando nisso, Jéssica Ragazzi escreveu um artigo em que lista 10 tipos de fotografias de seus filhos que os pais não deveriam postar. Confira:

 

1 – Fotos da criança em alta resolução
Tudo bem que uma fotografia em alta resolução garante um resultado encantador, porém a edição deste tipo de imagem se torna muito mais fácil. Assim, ela poderá ser usada para fins comerciais sem que os pais saibam, ou venham a descobrir muito tempo depois. Quando algo é postado na internet dificilmente será possível ter controle sobre isso.

 
2 – Fotos com registro de localização
Ao capturar um momento do seu filho, preocupe-se em desativar o geolocalizador do celular ou câmera fotográfica. Publicar uma foto com o registro de localização expõe os lugares que a criança costuma frequentar, sendo de grande utilidade para pessoas mal intencionadas. Trotes de sequestro, por exemplo, poderão parecer mais realistas quando a pessoa se aproveita das informações que os próprios pais expuseram.

 
3 – Fotos da criança com o uniforme escolar
A exposição da rotina da criança também deve ser evitada. Informações como a escola onde ela estuda ou cursos extracurriculares que frequenta pode ser útil tanto para as pessoas que elaboram trotes de sequestro quanto aos que estão realmente procurando uma vítima para sequestrar.

 
4 – Fotos da criança nua
O bom senso é extremamente necessário ao postar uma foto deste tipo nas redes sociais. Além de ser algo muito íntimo, essa imagem pode ser usada por pedófilos que procuram material para ser compartilhado em sites de conteúdo impróprio – o que infelizmente é uma realidade. E mais do que isso, exibir as partes íntimas pode ser constrangedor não só para os adultos.

 

5 – Fotos da criança com amiguinhos
Expor outras crianças além do seu filho é algo que merece muita atenção. Todos os riscos de publicar uma foto do seu pequeno na rede social também são realidade para as outras crianças. Jamais publique algo de outra criança sem autorização dos pais.

 
6 – Fotos da criança no ambiente de trabalho dos pais
Neste tipo de publicação todos ficam expostos, pois são publicadas tanto as informações referentes aos pais quanto as da criança. Não precisa dizer mais nada, não é?

 
7 – Fotos que vão causar o constrangimento da criança futuramente
Sabe aquela sua foto quando pequeno que sua mãe guarda no fundo do baú e a expõe sempre que tem oportunidade, fazendo você morrer de vergonha? Pois é, agora imagine isso exposto na internet, onde pessoas mal intencionadas possam futuramente usá-la para constranger e até tornar uma pessoa vítima de bullying. Cuidado com as fotos que hoje parecem inofensivas, mas que podem causar problemas nos próximos anos.

 
8 – Fotos onde crianças estão perto de objetos de valor
Não é necessário expor as posses da família, especialmente quando essas coisas possuem valores altos. É uma informação valiosa para que pessoas mal intencionadas saibam, por exemplo, que seu filho tem um celular caro ou que a família possui um carro cujo preço é bem alto.

 

9 – Fotos que fornecem informações da residência
Evite as imagens onde é exposto a fachada da casa, nome da rua ou pontos de referência. A segurança da família toda pode ser ameaçada caso essas informações sejam utilizadas de má fé.

 
10 – Fotos engraçadinhas
Muita gente não liga ou acredita que não acontecerá esse tipo de coisa com seus pequenos, mas do dia pra noite aquela foto engraçadinha do seu filho pode se tornar viral no mundo todo. Pode até parecer legal à primeira vista, porém a criança estará muito mais exposta do que normalmente estaria e a fotografia pode até ser usada com mensagens ofensivas ou com o objetivo de causar constrangimento
Configurações de privacidade dos álbuns e fotos.

 

Muitos destes problemas citados acima podem ser evitados com uma boa dose de cautela e critérios, e um deles é selecionar as pessoas que poderão ver as fotografias. Configurar a privacidade permitindo que os amigos de seus amigos vejam as fotos não garante a segurança da criança, pois afinal, quem são os amigos de seus amigos? Em meio destes, qual a probabilidade de haver alguém mal intencionado?

 

Guia-me