Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 19/09/2014

TRE apreende material político entregue em igrejas evangélicas

igreja-mundial-materia-de-campanha-politica-apreendido A Lei Eleitoral proíbe a divulgação de candidatos a cargos políticos dentro e ao redor de igrejas e templos religiosos. Para averiguar se a lei está sendo cumprida, a Coordenadoria de Fiscalização do TRE, de Duque de Caxias (RJ) tem visitado alguns prédios religiosos na cidade e apreendido material eleitoral.

 

Em cinco igrejas os fiscais coletaram santinhos e placas que estavam sendo distribuídos aos fiéis ou expostos na frente dos templos. Para poder flagrar a irregularidade, os fiscais se infiltraram nas igrejas e depois conseguiram o mandado de busca e apreensão para retirar estes materiais.

 

No Centro da cidade os fiscais apreenderam materiais na Igreja Internacional da Graça de Deus, ali eles chegaram durante um culto e identificaram o armazenamento de material da campanha de dois filhos do missionário R.R. Soares, Filipe Soares (PR) e Marcos Soares (PR) que disputam para os cargos de deputado estadual e federal. Panfletos de propaganda de Anthony Garotinho (PR) também foram encontrados.

 

O site O Globo afirma que foram os membros que denunciaram a Igreja Internacional da Graça ao TRE dizendo que estavam sendo coagidos a votarem nos filhos do fundador da denominação. Segundo o coordenador de fiscalização de propaganda eleitoral, Wagner Rabello Júnior, em duas igrejas da Vila São Luis foram encontradas fichas com a autorização de fiéis para colocar placas dos candidatos em suas residências, além do cadastro de famílias que se comprometeriam a votar nos candidatos.

 

A igreja Assembleia de Deus da Família, liderado pelo pastor Edinaldo Silva, também recebeu a visita dos fiscais que apreenderam materiais do candidato à reeleição como deputado estadual Dica (PMDB) e do deputado federal Ezequiel Teixeira (SD) que também é pastor.

 

O pastor Edinaldo afirmou que o material foi deixado por um dos candidatos e que eles voltariam na igreja, que tem 12 mil fiéis, para recolher os folhetos. “Ele disse que apanharia hoje às 9h, mas não apareceu”.

 

Na Igreja Mundial do Poder de Deus foram recolhidas placas com os candidatos apoiados pelo apóstolo Valdemiro Santiago. Eles são: Francisco Floriano (PR), Milton Rangel (PSD) e o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). As gavetas onde o material estava guardado teve que ser arrombada, pois mesmo com o mandato de apreensão a igreja dificultou o trabalho dos fiscais.

 

Procurados pela reportagem do O Globo, os responsáveis pelas igrejas não deram explicações sobre a distribuição do material político para os fiéis e alguns dos candidatos responderam que não sabiam dessas distribuições.

 

No final da operação foram apreendidos sete computadores, dez mil santinhos e diversas placas de políticos do PR, do PMDB, do Solidariedade e do PSD. Esse material foi entregue ao Ministério Público Eleitoral que irá tomar as ações cabíveis.

 

Gospel Prime