Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/06/2017

Truques para agir como um local nas viagens

Pauline Frommer, que atua ao lado de seu pai na presidência da Frommer Media, pioneira dos guias turísticos, contou alguns de seus segredos de viagens ao Bloomberg.

 

Para não aparentar ser uma turista e se passar como uma moradora local, ela conta que aposta no truque da sacolinha.

 

“Como as mulheres que estão viajando são um alvo mais provável de assédio em alguns países, especialmente se forem vistas como pessoas de fora, a primeira coisa que ela faz ao chegar é comprar algo pequeno em um supermercado ou farmácia da vizinhança”, revelou Frommer.

 

“Depois, ela circula pela cidade com a sacola que veio com a compra, pois sabe que, por mais que ela pareça diferente dos demais habitantes daquele lugar, aquela sacola lhe dá um ar ‘local’ e, possivelmente, também certa proteção. É uma espécie de amuleto de segurança. Eu não suponho que funciona, mas talvez só me deixe mais confiante”, acrescentou.

 

Frommer também sempre costuma reservar um quarto com varanda, seja um Airbnb ou um hotel. Ela afirma que assim, você pode sair dos confins de seu quarto e observar a dinâmica da vizinhança com outros olhos.

 

“Lembro de estar em Paris, em um pequeno complexo perto do Boulevard Saint-Germain, em um quarto assim, em um daqueles edifícios franceses construídos ao redor de um pátio”, ela lembra.

 

“Eu sentava ali e via os vizinhos, observando de verdade como é o cotidiano deles: gente pendurando roupa no varal, crianças brincando com carrinhos. Senti que estava vendo um lado de Paris que os turistas nunca vêem”.

 

GUIAME