Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/11/2014

Um a cada seis homens é acometido pelo câncer de próstata

17112014115114Segunda maior causa de morte entre os homens – a primeira está relacionada a problemas cardíacos – o câncer de próstata atinge, sobretudo, pessoas de pele negra, com idade avançada, que tem histórico na família (pai, irmão ou avô) e segue uma alimentação inadequada – rica em alimentos gordurosos.

 

Neste ano, a previsão é de 69 mil novos casos da doença no Brasil – um a cada seis homens é acometido. Nesta segunda-feira, 17 de novembro, Dia Mundial no Combate ao Câncer de Próstata, o alerta é dado a eles: o diagnóstico na fase inicial leva a 90% de chances de cura. Portanto, o ideal é se prevenir.

 

O urologista Victor Pascoalin afirma que os homens com histórico da doença na família devem procurar o especialista a partir dos 40 anos. Quem não tem, o recomendado é a partir dos 50 anos. O diagnóstico é através de avaliação clínica, exame de toque retal, e por meio da dosagem do PSA (antígeno prostático específico).

 

“Ambos os exames têm que ser feitos. Caso apresentem alguma alteração deverá ser realizada a biópsia, pois vai indicar se há presença ou não de tumor”, afirma. A conduta a ser tomada dependerá de avaliação médica. O exame da próstata deve ser anual, pelo menos até os 80 anos.

 

Outras doenças na próstata, além do tumor maligno, são: infecção prostática e a hiperplasia benigna prostática – crescimento do órgão. Homens aos 80 anos terão 85% a 90% de chances em ter hiperplasia. A próstata está localizada abaixo da bexiga e é responsável pela produção de 70% do liquido seminal.
Novembro Azul

 

As ações do movimento Novembro Azul, de alerta contra o câncer de próstata, foram levadas nesta segunda-feira, 17, para o Espaço de Cultura Marcus Moares, na avenida Getúlio Vargas, com a oferta de atendimento clínico, testes rápidos da hepatite B e C, avaliação nutricional e aferição da pressão arterial. Os mesmos serviços serão disponibilizados nesta terça-feira, 18, no local.

 

A coordenadora do Programa Saúde do Homem, Kátia Simone Ramos, reforça que as atividades desenvolvidas neste mês, de promoção à saúde dos homens, são oferecidas nos postos do Programa Saúde da Família (PSF) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), durante todo o ano. “O Novembro Azul é de mobilização e de alerta para a importância da prevenção ao câncer de próstata”, diz.

 

Na próxima quarta-feira, 19, haverá atividades na Policlínica do Feira X. Nos próximos domingos, dias 23 e 30, as ações de saúde do homem serão levadas para as feiras livres dos bairros Cidade Nova e Tomba, respectivamente.

 

Enquanto isso, os homens cujo resultado do PSA apresentou alteração estão sendo encaminhados para consultas com o urologista, no Centro de Saúde Especializado (CSE) Dr. Leone Coelho Leda e ambulatório do Hospital D. Pedro de Alcântara.

 

Secom