Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 30/03/2016

Unidade de saúde inaugurada no Tomba será policlínica provisória

8888

Entregue à comunidade na noite de segunda-feira, 28, a Unidade de Saúde da Família Tomba I e III Dr. Renato D’El-Rey Sá Bittencourt Câmara vai ser, temporariamente, usado como policlínica – a localizada no bairro vai passar por reformas nos próximos meses. Os atendimentos foram iniciados logo após a inauguração.

 

O prefeito José Ronaldo de Carvalho lembrou que a região já ganhou novas unidades no Panorama e outra no conjunto Liberdade e que muitas outras, dezoito, serão entregues ainda neste ano e que no total, entre novas e reformadas, a quantidade chega a 55 unidades de saúde.

 

Afirmou que o homenageado era um cidadão que se preocupava com o bem estar dos seus semelhantes e que fez da medicina – foi médico sanitarista – um meio de ajudar as pessoas. “Por isso, vamos trabalhar para que a unidade esteja à altura do seu patrono”. Disse ainda que a reforma na policlínica, a primeira das sete construídas na cidade, vai aumentar a sua capacidade de atendimento.

 

O advogado Renato Sá, filho do homenageado, disse que estava extremamente orgulhoso ao vir o nome do pai na fachada do moderno prédio. Lembrou que a outra paixão de Dr. Renato Bittencourt foi o magistério. “Foi um homem que marcou a sua presença na cidade”. Ele chegou em Feira de Santana em 1934.

 

A secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, analisa que a construção da unidade vai atender as necessidades da comunidade. “São compromissos assumidos pelo governo com a comunidade que vem sendo cumpridos, fielmente”. O vereador Izaias de Diogo definiu a unidade como “uma grande obra para o bairro”.

 

O ex-deputado federal Colbert Filho lembrou da capacidade profissional do homenageado e afirmou que o governo municipal vem acelerando fundo na área da saúde, mesmo enfrentando problemas de repasses financeiros por parte do governo federal. Estiveram presentes secretários municipais e vereadores, mais um grande número de moradores do Tomba.
Secom