Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/03/2016

Uso da bicicleta como meio de transporte é debatido em congresso

3

Uso da bicicleta como meio de transporte foi relegado à periferia. Esta é a opinião de alguns especialistas convidados durante a mesa redonda de abertura do congresso “Inclusão social, sustentabilidade, saúde e mobilidade urbana”, que acontece até hoje, 17, à noite, na Faculdade de Tecnologia e Ciências, promovido pelo Pedala Feira.

 

Em Feira de Santana existe ciclovia nas avenida Presidente Dutra e na Francisco Maia, mais uma ciclofaixa na avenida Noide Cerqueira. Ciclovias estão sendo construídas nas avenidas Getúlio Vargas e Ayrton Senna. No projeto BRT consta um destes equipamento em toda extensão da avenida Maria Quitéria.

 

“O que será amplamente debatido é como utilizar a bicicleta como meio de transporte”, afirmou o coordenador do evento, Mateus Moreira.

 

Celso Sakuraba, do Ceará, que será um dos palestrantes desta noite, afirmou que o equipamento sempre foi usado como meio de transporte. Para o coordenador da 3ª Ciretran, Sílvio Dias, o uso da bicicleta influencia diretamente na questão ambiental.

 

Rodrigo Moreira, de Feira, o custo para a implantação de ciclovias e ciclofaixas não é alto. “Uso da bicicleta está relacionado à mudança de comportamento e mudar a cultura não é fácil. Deve começar pela educação básica”.

 

Para Daniel Bargdever, de Salvador, a segurança no trânsito para os ciclistas depende da quantidade de pessoas que usam a bicicleta. Para ele, o relacionamento entre os motoristas e os ciclistas locais é bom, porque não há agressão por parte de quem está guiando os carros.