Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/07/2017

Vândalos destroem mais de 2 mil lâmpadas por ano em Feira de Santana

Cerca de 2.300 lâmpadas são destruídas anualmente pelos vândalos, em Feira de Santana, tendo que ser substituídas, onerando o contribuinte. Números apresentados pelo Departamento de Iluminação Pública, órgão da Secretaria de Serviços Públicos, apontam que as lâmpadas são danificadas por pedradas e, não muito raro, são atingidas por disparo de arma de fogo.

 

Em alguns locais, as lâmpadas são quebradas duas semanas após a troca. Os bairros com maior incidência do problema são o Aviário, Queimadinha e Rocinha, em pontos tidos como de incidência de tráfico de drogas.

 

O diretor do Departamento de Iluminação Pública, José Wilton, diz que em grande parte as substituições não se restringem às lâmpadas. Os acessórios geralmente são danificados também e não são recuperáveis. Daí a necessidade de se trocar o relê, a luminária e o bocal.

 

Segundo Wilton, é perigoso o trabalho de recuperação e troca de lâmpadas nestes locais. “Não raro os trabalhadores são obrigados a descer dos postes, sob ameaças”. Mas o trabalho é realizado. “Buscamos o apoio de lideranças comunitárias”.

 

O Departamento de Iluminação mantém cinco equipes, apenas para a troca de lâmpadas – três na zona urbana e duas para atender a zona rural. Solicitações para este serviço podem ser feitas pelos telefones 3602.8110/8115/8117 ou pelo 156.

 

Secom