Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 02/10/2017

Vereador critica APLB por considerar inconstitucional projeto de incentivo à leitura da Bíblia

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na sessão desta segunda-feira (02), o vereador Isaias de Diogo (PSC) criticou a APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) por se manifestar contrária à aprovação do Projeto de Lei 162/17, de sua autoria, que assegura a leitura da bíblia nas escolas da rede pública e privada do município. Dirigindo-se aos sindicalistas presentes nas galarias da Casa, o edil disse não à intolerância religiosa.

 

“A APLB, ao invés de estar lutando pelos interesses da categoria, está alegando inconstitucionalidade de um projeto de lei que propõe e não obriga, como querem entender, a leitura do livro sagrado para as crianças nas escolas. O Projeto não é inconstitucional. Parabéns aos professores inteligentes que não vieram protestar nesta Casa. Protestar contra é essa matéria é falta de vergonha, falta de juízo, é querer perturbar a Ordem Pública. Esses professores deveriam ir em busca do Governo do Estado para reivindicar suas melhorias salariais”, declarou.

 

Portal Cidade Gospel