Versículo do dia
Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

11 mil famílias feirenses devem atualizar Cadastro Social

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

1152015153438As famílias que moram em Feira de Santana e que estão com o Cadastro Social desatualizado há mais de dois anos no Ministério de Desenvolvimento Social deverão renová-lo, sob pena de perder o benefício da tarifa social da energia elétrica, já a partir deste mês. Para atualizar este documento basta se dirigir à sede do Cadastro Único, à rua Barão de Cotegipe. Mas, antes, precisa marcar a data porque diariamente no local são atendidas 500 pessoas.

 

Os beneficiários saem com documentação específica, chamada de espelho, com dados sociais da família, para ser apresentado à Coelba, que é o permissionário estadual. Mais de 11 mil famílias feirenses estão com seus cadastros desatualizados. O benefício da tarifa social da energia elétrica garante abatimento de até 65% na conta a pagar, para uma família que consome até 30 kwh por mês. Entre 101 e 220 kwh o desconto cai para 10%.

 

Além de cadastrada nos programas sociais, a média da renda da família, por pessoa, não deve ser maior do que meio salário mínimo, que hoje da R$ 394 por pessoa. A coordenadora da sede do CadUnico, Vitória Leal, lembra que a atualização é importante porque são vários os programas sociais. “E não se restringe, como pensam muitos, ao Bolsa Família”. Há desconto na conta de água, por exemplo.

 

No ato da atualização cadastral, o titular do benefício deve apresentar documentação com foto, CPF e, ao menos, um documento de todas as pessoas da família. É importante levar ainda comprovantes de residência, matrícula escolar das crianças e número de telefone para contato.

OUTRAS NOTÍCIAS