Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/08/2019

2° Grupamento de Bombeiros Militar de Feira realizou 2058 ações preventivas no primeiro semestre

Em 2015, o 2° Grupamento de Bombeiros Militar de Feira, teve sua emancipação financeira e administrativa da Polícia Militar da Bahia.

 

Em conversa com o repórter Joaquim Neto, o comandante do grupamento, TEN CEL José Alberto fez uma avaliação das ações realizadas pelo grupo no primeiro semestre de 2019.

 

‘De lá pra cá nesses 4 anos de emancipação, tivemos um crescimento grande, hoje podemos dizer que somos bem servidos de equipamentos. Nesse período tivemos uma aquisição só pra Feira de mais sete viaturas, temos viatura de combate à incêndio, viaturas pequenas para vistorias, fiscalizações, foram adquiridos equipamentos na área de salvamento”, relata o comandante.

 

Segundo ele, cerca de 640 bombeiros se formaram esse ano, ‘Já é um incremento no efetivo. Aqui na sede temos 14 viaturas prontas para emprego e dentre elas uma auto plataforma aérea que é pouco empregada porque a tática as vezes não permite’, diz, relatando ainda que durante os últimos três anos, a plataforma foi utilizada três vezes, ‘Uma das vezes foi em uma ocorrência em Serrinha, era uma situação que se não tivesse ela, a ação duraria cerca de três dias e nós fizemos em uma noite”, conta.

 

A corporação ainda conta com viaturas de auto incêndio, viaturas de busca e salvamento que são utilizadas nos resgates veiculares e retirada de pessoas das ferragens, além de uma appl, para utilizar em ocorrência com produtos perigosos, uma auto ambulância, duas motos e cinco viaturas pequenas para atender aos 69 municípios que são de área de responsabilidade do 2º GBM.

 

‘Nós somos o grupamento isolado mais bem servido em relação a isso em todo o estado e a tendência é estar crescendo e melhorando nesse sentido’, afirma o tenente.

 

Trabalhando com ações de prevenção, ele salienta que não é interessante para a corporação combater incêndios, ‘Trabalhamos para que o incêndio não aconteça. Fazemos isso a partir das nossas ações de fiscalização, detectando irregularidades e notificando’, diz.

 

Dados fornecidos por José Alberto mostram que no ano de 2018 foram realizados pelo 2º grupamento, 770 análises de projeto sendo destes 446 aprovados, 872 vistorias, 737 homologações de autos e vistorias, 409 fiscalizações, 778 emissões de certificado de licença do corpo de bombeiros totalizando 4021 ações.

 

De janeiro a junho de 2019, o grupamento atingiu 50% desse quantitativo, ‘Chegamos a 2058 ações preventivas do corpo de bombeiros com 354 análises e projetos com 165 desses aprovados, 465 vistorias, 325 homologações, 315 fiscalizações e 434 emissões de certificados. A tendência é ultrapassar”, relata o comandante.

 

Atualmente a corporação conta com um efetivo de 213 bombeiros militares distribuídos em três cidades com 140 em Feira, 44 em Alagoinhas e 29 em Cachoeira. Foi observado também, uma redução de 40% nas ações de combate a incêndio, o que segundo o tenente é fruto do trabalho de prevenção.

 

Informações Joaquim Neto – Bom dia Feira