Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 30/07/2019

A tecnologia tem roubado nosso tempo com Deus e com as pessoas, diz Cristina Mel

A cantora Cristina Mel tem usado a música para tratar de temas delicados para crianças e adultos. Em entrevista ao site Guiame na ExpoEvangélica, ela falou sobre as fragilidades enfrentadas pela geração atual.

 

“Vivemos uma geração muito antenada com tudo o que acontece e, ao mesmo tempo, muito isolada. O que era para unir, tem separado pais, filhos e amigos. Tem roubado tempo com Deus, tempo com o lazer, tempo com as coisas mais simples”, analisa a cantora.

 

“É uma geração muito inteligente, mas muito frágil; emocionalmente despreparada para enfrentar os obstáculos da vida, porque sempre tiveram tudo muito fácil, tudo rápido, tudo na mão”, acrescenta.

 

Cristina observa que parte deste comportamento é resultado de erros na educação. “Antigamente a gente tinha que lutar muito para conseguir chegar em algum lugar. E aqueles que têm tudo com muita facilidade às vezes não valorizam isso e não sabem enfrentar um ‘não’, não aceitam bem as críticas e se deixam levar pela opinião dos outros”, afirma.

 

Ela ainda completa: “Você não existe para agradar aos outros, você existe para estar no centro da vontade de Deus”.

Para Cristina, no entanto, muitos erros podem servir de aprendizado. “Quando recebemos esse amor irresistível, que cura as feridas, temos forças para dizer: Senhor, eu posso ter caído, eu posso ter errado, mas nunca é tarde para recomeçar. Ele tem o poder de mudar histórias”, disse.

 

Depois de quase 6 anos sem lançar projetos para o público adulto, Cristina lançou o álbum “Rompendo O Silêncio”, que está disponível nas plataformas digitais. A música trata de um tema pouco abordado no meio artístico: a violência doméstica.

 

“Se você tem sofrido esse tipo de humilhação, não se entregue à depressão, fale com alguém. Procure uma amiga, alguém que você possa desabafar. Denuncie. Recomece. Quem disse que é o fim? Deus tem algo maior para você lá na frente, não se entregue”, a cantora aconselha mulheres que são vítimas de violência.

 

Fonte: Guia-me