Aberto novo Centro de Hemorragia Digestiva do Hospital Clériston Andrade

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O Centro de Hemorragia Digestiva (CHD) do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), foi ampliado e requalificado. Com essa nova estrutura o setor passa a funcionar 24 horas, inclusive aos finais de semana, principalmente para urgências e emergências.

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, serão realizados exames de endoscopia, colonoscopia dentre outros procedimentos endoscópicos diagnósticos e terapêuticos, incluindo métodos avançados, como a Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica (CPRE) que é utilizada para diagnosticar problemas do fígado, vesícula biliar, dutos biliares e pâncreas.

O diretor-geral do HGCA, José Carlos de Carvalho Pitangueira, explicou que CHD era destinado a atender apenas pacientes internados, mas agora passa a atender a emergência e também os pacientes que estiverem em outras unidades, inclusive nas UPAs e hospitais da região, através da Central Estadual de Regulação.

“Ampliamos o serviço por entender a demanda de atendimentos nesta área. Com a nova estrutura a equipe tem condições e estrutura para triplicar o numero de procedimentos”, disse Dr. Pitangueira.

De acordo com Victor Galvão, médico endoscopista e coordenador do CHD, de outubro de 2021 a abril deste ano o CHD já realizou 1.143 procedimentos, dentre eles endoscopia digestiva, colonoscopia e CPRE.

“Antes atendíamos em uma sala dentro do centro cirúrgico, agora temos um espaço próprio, que funciona de forma independente, apenas para intervenção na área de endoscopia terapêutica. Contamos com 40 profissionais, destes 14 são médicos especialistas na área de endoscopia digestiva e que estão gabaritados para fazer exames de intervenção”, comemorou Victor Galvão.

Galvão informou ainda que “Em abril foram realizados 185 procedimentos dentre eles quero destacar três dissecações endoscópicas de câncer gástrico precoce, procedimento este até então inédito pelo SUS em Feira de Santana e região.”

O novo Centro de Hemorragia Digestiva conta com equipamentos de ponta com tecnologia avançada para um diagnóstico mais preciso, serviços e infraestrutura necessários para a execução de atendimentos de alta complexidade. Agora mais amplo o CHD possui três salas para realização de exames, cinco leitos no centro de recuperação pós-anestésica, balcão de enfermagem, sala de esterilização, consultório médico e recepção.

Foto: Ascom HGCA/Sesab

OUTRAS NOTÍCIAS