Ana Paula Valadão X Silas Malafaia: a batalha sobre o fechamento das igrejas por causa do coronavírus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A pastora e cantora Ana Paula Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha e o pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, estão indiretamente, se enfrentando nas redes sociais em meio a polêmica sobre o fechamento das igrejas evangélicas por causa do coronavírus.

Em vídeo, Valadão criticou a atitude de alguns pastores de manter cultos e reuniões em meio a pandemia do novo coronavírus, Covid-19.

Já o pastor Silas Malafaia, rebateu críticas a respeito de sua decisão de manter sua igreja aberta. Ele voltou a defender que as igrejas devem ficar abertas em tempo de crise, incerteza e pânico.

Malafaia compartilhou um vídeo, no qual explica seu ponto de vista. Ele falou sobre o que é fé e afirmou que nos templos, as pessoas poderão encontrar apoio diante da aflição.

Ana Paula Valadão disse em vídeo no seu Instagram, que manter os cultos em meio a pandemia é falta de bom senso e pediu para os fiéis não seguirem as instruções desses líderes que querem manter as igrejas abertas.

“Nós somos chamados a uma fé racional, a uma fé sensata. Deus não nos deu espírito de medo, de covardia, mas Deus também não nos deu uma mente desequilibrada, Ele também nos deu um espirito de amor e de uma mente sensata, uma mente equilibrada”, disse a pastora.

Apesar de não citar a pastora, Malafaia publicou no seu twitter um texto sobre a fé racional, o que pareceu ser uma resposta para Ana Paula Valadão.

“Gente falando asneira teológica! A fé não é racional, a fé é transcendental! Manipulação é assustar o povo com paranoia. Se tudo fechar, eu estarei na igreja para atender qualquer pessoa aflita. A igreja é o último reduto de fé e esperança quando todas as portas se fecham” declarou Malafaia.

Em outra publicação, também compartilhada nesta quarta-feira, o pastor disse ainda que “a religião tem um papel terapêutico emocional fundamental em momento de pânico e desequilíbrio emocional”.

Em outro vídeo com o título: “UMA RESPOSTA AOS PROFETAS DO CAOS NO MEIO EVANGÉLICO SOBRE A QUESTÃO DO CORONAVÍRUS”, gravado em um culto na sua igreja, Malafaia volta a criticar os pastores que fecharam ou que querem fechar suas igrejas por causa do coronavírus.

“O que é crer na Bíblia, meu irmão? É quando tudo vai bem? É quando tem prosperidade? Ou é na hora do caos? O que é a igreja? O que somos nós? Que fé vagabunda é essa que estremece pastor? Não tô falando do povo. Eu tô falando de autoridade espiritual que sou eu e outros. Que pastores somos nós? Tenho vergonha”, esbravejou Malafaia.

Continuando a sua fala, Malafaia disse uma indireta, que ele chamou de “mistério”, para alguém que ele não citou quem era, mas disse que fica escrevendo asneira nas redes sociais por ódio no coração.

“Se as portas da igreja que eu sou pastor, se não tivesse um crente aqui, eu estaria aqui em vez de tá escrevendo asneira em rede social e falando o que não sabe por um ódio no coração, que tem que aprender a liberar perdão, porque eu sei pra quem que é a palavra. Esse mistério vocês não entendem, mas quem tá… sabe o que eu tô falando”, atacou Malafaia.

Ana Paula Valadão, no seu vídeo no Instagram, falou dos cristãos na Idade Média que foram usados por Deus em meio a epidemias e do seu temor nos dias atuais. “Meu temor é que os crentes de hoje sejam os propagadores desse vírus, não obedecendo as recomendações básicas de saúde”, disse ela.

A pastora ainda questionou se arrecadação financeira seria o motivo dos pastores insistirem em manter suas igrejas abertas.

“Por que será que líderes não estão querendo cancelar suas reuniões? Estão com medo de que, gente? Todo mundo vai sofrer com a recessão econômica que tá vindo. Tá com medo de perder o que, a arrecadação financeira? Eu venho aqui denunciar isso”, atacou Valadão.

“Eu quebro esse jugo, eu quebro essa manipulação que está vindo sobre muitos crentes com argumentos religiosos que você precisa congregar nesse tempo… Isso é tentar o Senhor nosso Deus!”, afirmou a pastora.

A líder da Igreja da Lagoinha deu alguns exemplos sobre personagens bíblicos que foram sensatos, confiaram em Deus e também tomaram precauções.

“Você se lembra de José, ele foi avisado em sonho e fugiu com Maria e o menino Jesus pro Egito… Você se lembra de Noé, que foi avisado e construiu um arca? Foi por isso que ele preservou a si e a sua família, e todos nós somos descendentes de Noé porque ele obedeceu aquele aviso de Deus. Você se lembra de José, que armazenou nos celeiros?”

Ana Paula alertou para que os cristãos fiquem nas suas casas para não propagarem o coronavírus.

“Cristãos, crentes dos nossos dias, a nossa fé não pode ser usada contra o bom senso. Não vamos propagar esse vírus, vamos diminuir a curva desse vírus se nós ficarmos em casa. Em nome de Jesus eu te abençoo para que você não caia nessas manipulações.”

“Eu amo todos os líderes e pastores, posso até levar pedradas, mas eu amo muito mais a minha consciência diante de Deus”, finalizou Valadão.

Ana Paula Valadão ao postar o vídeo no seu Instagram escreveu: “DENÚNCIA! Não sou profeta do caos, mas sou uma voz pela sensatez CUIDADO com a RELIGIOSIDADE que está ameaçando o bom senso!”. Provavelmente, uma contrarresposta ao vídeo de Silas Malafaia intitulado “Uma resposta aos profetas do caos no meio evangélico sobre a questão do coronavírus”.

Folha Gospel

OUTRAS NOTÍCIAS