Aplicativo 156 já recebeu 758 denúncias de comportamento inadequado neste tempo de pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O aplicativo Fala Feira, mantido pela Prefeitura de Feira de Santana, já recebeu, neste período de pandemia, 758 denúncias de funcionamento inadequado de bares e outros estabelecimento que, por decreto municipal, estão proibidos de abrir suas portas. Geralmente as denúncias estão relacionadas à aglomeração de pessoas, que pode colocar em perigo a segurança individual, potencializando a possibilidade de transmissão da Covid-19, entre elas, que não obedecem as orientações do distanciamento seguro.

Mais de 30% das denúncias foram confirmadas pela fiscalização, que notificou os estabelecimentos. Outras 425 reclamações serão averiguadas. O canal de comunicação estreita a relação entre as autoridades e a população que se sentir prejudicada ou vir descumprimento do decreto é o telefone 156.

As denúncias, diz a coordenadora do telefone 156, Mariluce Araújo, são enviadas às secretarias correspondentes, que tomam as providências previstas na legislação. Outras são encaminhadas para a Guarda Municipal. “Geralmente os guardas fazem abordagens de conscientização”.

As reclamações relacionadas ao comércio, por exemplo, são encaminhadas à Settdec (Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), responsável por estas ações no setor. A Seprev (Secretaria de Prevenção à Violência) está atenta às denúncias, feitas por cidadãos preocupados em manter baixos os índices de novas contaminações, e busca agilizar a sua verificação. E, assim, não permitir descontrole nas ações de prevenção da doença.

 

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS