Versículo do dia
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.

Após 11 anos separados, filho reencontra mãe em Feira de Santana

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Depois de 11 anos separados, mãe e filho se reencontraram em Barreiras, oeste da Bahia, após o rapaz procurá-la por meio do quadro Desaparecidos, do Bahia Meio Dia.

 

A trabalhadora doméstica, Maria José Ferreira, e o auxiliar de serviços gerais, Diego Ferreira, haviam se separado quando, depois que ela foi procurar emprego na cidade, o filho ficou com o pai em Feira de Santana.

 

Diego apareceu no quadro com uma foto da mãe e, depois disso, ela foi localizada. O reencontro entre mãe e filho foi marcado por forte emoção. Diego diz que não imaginava que iria localizar Maria José depois de mais de 10 anos longe dela.

 

“É muita felicidade. A partir de agora, é só alegria. Só de estar com ela hoje é um privilégio que nunca achei que ia acontecer. Me sinto realizado hoje, por estar do lado dela, de sentir o calor e o amor dela”, conta.

 

Maria José diz que sofria muito com a falta do filho. “Até na hora de eu comer, eu sentia falta dele. ‘Oh Deus, dê a alimentação dele direito. Livre do meu filho todos os perigos e mal’. Entrei em depressão, fiquei muito ruim mesmo, mas pedi força a Deus, para que antes de morrer eu visse meu filho”, relata a mãe.

 

Depois do reencontro, os dois só querem aproveitar o tempo que têm para ficar juntos. “Foi uma emoção muito grande que eu tive na minha vida”, concluiu Maria José.

 

 

FONTE: G1

OUTRAS NOTÍCIAS