Após ataque de ministro, Frente Evangélica apoia Feliciano

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional divulgou uma nota pública em apoio ao deputado federal e pastor Marco Feliciano (Republicanos). O documento expressa repúdio às “perseguições e acusações injustas” sofridas pelo parlamentar, após ele denunciar que a nova presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) possui pensamentos e ideologias alinhadas à esquerda.

– O deputado Marco Feliciano, de forma legítima, utilizou-se das suas prerrogativas parlamentares para denunciar e pedir providências com relação a ações do Governo Federal com as quais discordava, especialmente em relação a nomeações em órgãos relacionados a educação. Por esta razão, passou a sofrer perseguições e acusações injustas, as quais não podem ser admitidas em um Estado Democrático de Direito. As prerrogativas parlamentares, inclusive em relação às suas opiniões e posições, devem sempre ser respeitadas – escreveu a FPE.

Após a denúncia de Feliciano à nomeação da advogada Claudia Mansani Queda de Toledo, o ministro da Educação e pastor Milton Ribeiro enviou a parlamentares um vídeo em que o deputado apoiava a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2010.

Ao Pleno.News, Feliciano disse que se tornou oposição ao governo da petista três meses após o início de seu mandato.

– Não só eu, mas todos os líderes evangélicos apoiaram Dilma por conta dela ter assinado um documento dizendo ser contrária ao aborto. Três meses após ela ter sido eleita, me tornei oposição a ela por ver todas as mentiras – afirmou.

Na nota, a FPE, da qual o parlamentar é membro, reforçou que é composta por congressistas que fiscalizam as ações do Executivo, e alertam eventuais incongruências.

– Discordâncias não nos tornam opositores, mas, na verdade, aliados! Buscamos implementação de melhores políticas públicas alinhadas com aqueles que apoiam o Governo. Neste sentido, reafirmamos que o papel institucional da FPE é lutar pelos valores e pautas cristãs, e, ainda, apoiar seus membros no livre exercício do mandato. Desta forma, reiteramos toda solidariedade ao deputado e compromisso de continuarmos a lutar em prol do Brasil.

Fonte- Pleno News foto- Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS