Versículo do dia
Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.

Após lei, Feira ganha Cadastro de Pessoas Desaparecidas

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A localização deve acontecer através de cadastro prévio feito por meio da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (SEPREV).

 

Com o objetivo de dar agilidade e efetividade à localização de pessoas desaparecidas no limite territorial de Feira de Santana, foi aprovado em segunda discussão e por unanimidade dos presentes, na sessão ordinária desta terça-feira (5), na Casa da Cidadania, o Projeto de Lei de nº 132/2017, de autoria do vereador João Bililiu (PPS), que dispõe sobre a criação do Cadastro Municipal de Pessoas Desaparecidas na cidade de Feira de Santana.

A localização deve acontecer através de cadastro prévio feito por meio da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (SEPREV), que terá um banco de dados contendo o nome completo do desaparecido; filiação; número de RG e CPF; data de nascimento; naturalidade e nacionalidade; características físicas; foto; endereço; informação se possui alguma enfermidade de ordem psíquica e outras informações que julgar pertinente.

 

Segundo a redação do PL, o Poder Executivo Municipal, com apoio de órgãos e secretarias, firmarão convênio entre o Município, Estado e União pelo qual serão definidos a forma de acesso ao banco de dados, no tocante às informações constantes no cadastro; o procedimento de atualização e validação das informações inseridas no banco de dados e expedição de informações de forma oficial entre os entes federados sobre a localização da pessoa cadastrada no banco de dados.

 

Toda notícia que o Poder Executivo tiver sobre a pessoa cadastrada será levada ao banco de dados como forma de atualização de informações e o cadastro contará com um link permanente na página oficial da Prefeitura Municipal de Feira de Santana para veiculação das informações.

 

FOLHA DO ESTADO

OUTRAS NOTÍCIAS