Após mortes de três PMs no fim de semana, governador da BA diz que estado vai agir com força: ‘sangue frio e muito profissionalismo’

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Após a morte de três policiais militares durante o final de semana em Salvador, o governador da Bahia, Rui Costa, falou sobre a situação nesta segunda-feira (9). O governador afirmou que autorizou o uso de força máxima da segurança pública para prender os suspeitos dos crimes.

Em declaração destinada à tropa de policiais, Rui disse que é preciso agir com força, mas pediu profissionalismo.

“Toda operação já acontecendo desde ontem (8). Estamos com policiamento na área. Toda a determinação já foi dada para uso de todos recursos militares especializados. Eu ressalto aqui a mensagem para nossa Polícia Militar: precisamos e vamos agir com força, mas profissionalismo para que os responsáveis por isso sejam capturados”, disse.

“É preciso muito sangue frio e muito profissionalismo na captura desses criminosos e a determinação já foi feita”.

Rui Costa disse que recursos especializados serão utilizados na ação de buscas para encontrar os suspeitos. Ele destacou o poder de fogo dos suspeitos, com forte armamentos.

“Todo recurso disponível da Polícia Militar e da Polícia Civil está sendo usado desde ontem e em breve apresentaremos a captura desses criminosos e dos armamentos, porque as mortes foram realizadas com tiro de fuzil, o que mostra, infelizmente, o poder de fogo desses criminosos”, disse.

Pelas redes sociais, o governador prestou solidariedade para as famílias dos policiais e reafirmou o uso da força máxima nas operações de buscas contra os suspeitos.

“Eu quero prestar a minha absoluta solidariedade e sentimento às famílias dos policiais militares soldados Alexandre José Ferreira Menezes Silva, Shanderson Lopes Ferreira e Victor Vieira Ferreira Cruz”, disse.

“Desde ontem, determinei ao comando da Polícia Militar o uso da força máxima de todas as nossas especializadas, inclusive com helicóptero, para que possamos prender os criminosos que atentaram contra a vida dos nossos policiais”, completou.

G1 Bahia

OUTRAS NOTÍCIAS